Carteira Bitcoin: Guia passo a passo - Criptomoedas.com

PRIMEIROS PASSOS: Como comprar BITCOIN no Brasil? Qual carteira usar? - Dicas sobre Bitcoin - Ganhe rápido

submitted by infocryptocoins to CertificadoDigital [link] [comments]

🔵 Aprenda como usar, fazer backup, enviar e receber criptomoedas usando uma Carteira ᕭash. - Dicas sobre Bitcoin - mais rápido rápido

🔵 Aprenda como usar, fazer backup, enviar e receber criptomoedas usando uma Carteira ᕭash. - Dicas sobre Bitcoin - mais rápido rápido submitted by infocryptocoins to CertificadoDigital [link] [comments]

🎯 BITCOIN- Como usar a carteira trezor para transações com ethereum - Dicas sobre Bitcoin - Ganhe rápido

submitted by infocryptocoins to CertificadoDigital [link] [comments]

Onde comprar criptomoedas?

Pessoal, Estou começando no mundo de cripto e estou na dúvida em qual plataforma comprar criptomoedas? Estou pensando em uma dessas três: 1) Mercado Bitcoin: A maior exchange do Brasil, tem uma base de usuários gigantesca e me passou bastante segurança. Porém, para uma pessoa como eu, que não é trader, não sei se vou usar todas as funcionalidades disponíveis de análises gráficas. Mas me passaram bastante segurança pela quantidade de conteúdo deles na web. 2) Monnos: Além de ter o maior portfólio do Brasil (+ de 30 criptomoedas), no site deles diz que é bem fácil comprar criptomoedas. Além disso, eles tem uma funcionalidade de copiar carteiras de outros traders, um robô de gera ganhos automáticos e um cartão para utilizar as criptos. Para um iniciante como eu, parece interessante. 3) Foxbit: Creio ser a segunda maior do Brasil, também tenho mesmo questionamento se vai ser a melhor plataforma por conta da complexidade. Nos grupos de comunidade me recomendaram ela no lugar do Mercado Bitcoin, mas eu basicamente vejo as duas da mesma forma. Gostaria da sugestão de vocês, o que me dizem? Por qual começar?
submitted by douglassouza1 to brasilivre [link] [comments]

[Portuguese] Community Points FAQ

Nota importante:
A versão beta do programa Community Points está na rede Rinkeby. Se você não souber o que isso significa - não remova os tokens de pontos da comunidade do Reddit do Reddit Vault tentando integrar outras carteiras da Ethereum ou enviando-os para contratos inteligentes.
O que são pontos da comunidade
Os pontos da comunidade são uma nova iniciativa do Reddit. São pontos que representam a propriedade de um subreddit.
Cada comunidade receberá seus próprios pontos de comunidade que eles obterão como nome e design.
Onde os pontos da comunidade são armazenados?
Os pontos da comunidade são um tipo de "token" "Ethereum" que é armazenado em uma "blockchain" - assim como o Bitcoin!
Isso significa que, depois de ganhar os tokens, você os possui.
Você pode armazená-los em seu "Reddit Vault" ou em uma carteira tradicional do Ethereum.
Quantos pontos comunitários existem?
Há um total de 250 milhões de cada tipo de ponto da comunidade.
Portanto, o subreddit / r / Cryptocurrency terá no máximo 250M de tokens "$ MOON", mas outro subreddit terá no máximo 250M de seu próprio token.
Todos os 250M tokens / pontos são liberados imediatamente?
Não. Para começar, haverá apenas 50M de cada token. Eles serão concedidos aos usuários com base nas postagens que eles fizeram anteriormente no subreddit.
Os outros 250 milhões de tokens serão concedidos lentamente semanalmente.
O valor concedido a cada semana é o mesmo?
Não. A quantidade de tokens concedidos ficará menor a cada semana, e durará até que os 250M tokens sejam criados. A data estimada para isso é em algum momento de 2050.
Como ganho Pontos / Tokens da Comunidade?
Você ganhará os tokens com base em suas contribuições para o subreddit.
Quando você faz uma postagem ou um comentário que é votado, você ganha uma parte dos tokens que são distribuídos pelo sistema naquela semana.
Outros usuários também podem "dar gorjeta" a você. Isso significa que eles fornecerão alguns dos tokens que ganharam.
Para que posso usar pontos / tokens da comunidade?
Você pode usar os tokens para comprar "Associações Especiais" para cada subreddit individual.
Essas associações oferecem recursos especiais no subreddit. Esses incluem:
Quanto custa a associação especial?
A "Associação Especial" para um subreddit varia de custo entre diferentes tokens.
No subreddit / r / Cryptocurrency, a associação custa 1000 MOONS por mês.
O que acontece com os pontos / tokens da comunidade que eu uso para a associação especial?
Quando você usa seus tokens para a "Associação Especial", esses tokens serão "queimados" - que é uma gíria de criptomoeda destruída.
Isso significa que sempre haverá menos de 250 milhões de tokens, pois eles continuarão a ser usados ​​horas extras.
Posso usar pontos / tokens da comunidade para mais alguma coisa?
Sim.
Você também poderá usar os tokens que ganhou para votar em pesquisas ponderadas ou enviar uma dica para outros usuários.
Por fim, por ser um token ERC-20 Ethereum, você pode transferi-lo para outros sites e integrá-lo a outros produtos. Isso permite que você compre, venda, negocie e use o token onde quiser.
O que é o Reddit Vault?
O "Reddit Vault" é uma seção especial do aplicativo móvel do Reddit que permite conectar-se a uma carteira com Ethereum. Nesta seção, você poderá reivindicar seus tokens, ver seus saldos de tokens e resgatar os tokens.
Às vezes, seu Reddit Vault também pode ser chamado de "carteira", pois essa é a terminologia comum na indústria de blockchain.
Como criar um Reddit Vault?
Você pode criar seu Reddit Vault no aplicativo Reddit no iOS e Android.
Você clicará no seu perfil e selecionará "Vault" e ele o guiará pelas etapas.
Se precisar de instruções mais detalhadas, consulte as instruções detalhadas
Preciso usar o Reddit Vault como minha carteira?
Não. Você não precisa usar o Reddit Vault como sua carteira - mas isso permite que você faça o backup da sua carteira no Reddit.
Se você deseja usar uma carteira Ethereum diferente, como o MetaMask ou o Brave Browser, pode importar sua 'frase inicial' da criação dessa carteira.
Isso é recomendado apenas para usuários experientes de criptomoedas.
Você pode encontrar as instruções para importar sua carteira existente para o Reddit Vault aqui
Se eu criar uma carteira usando o Reddit Vault, posso usá-la em outro lugar?
Sim.
Se você estiver criando sua primeira carteira de criptomoeda usando o Reddit Vault, convém importar essa carteira para um software diferente, como MetaMask ou 'Brave Browser'.
Você pode seguir estas instruções:
Certifique-se de definir sua carteira MetaMask ou Brave Browser Wallet para usar a rede de teste Rinkeby.
O que é a "Frase semente"?
Uma frase inicial é um conjunto de 12 palavras aleatórias usadas pelo software da carteira para ajudar a gerar nossa "chave pública" e "chave privada" que compõem sua carteira.
A frase inicial é a única maneira de recuperar uma carteira de criptomoeda se você perder nossa chave privada.
Onde devo guardar minha frase inicial?
Sua frase inicial deve ser armazenada em um local seguro. Idealmente, você não deve manter a frase inicial em uma imagem (no telefone) ou em um arquivo baixado ou em um bloco de notas digital.
É melhor anotar sua frase inicial ou usar um gerenciador de senhas como o LastPass para armazená-la com segurança.
Se eu perder minha frase inicial, o Reddit pode recuperar meus pontos de comunidade?
Não.
Se você perder sua frase inicial e não possuir sua chave privada, ninguém poderá ajudá-lo a recuperar sua carteira ou seus tokens. Eles estão perdidos para sempre.
Posso perder pontos do meu saldo?
Não.
Depois de reivindicar, você reivindicou seus pontos que estão na sua carteira na blockchain Ethereum. Ninguém pode tirar esses pontos de você. Nem mesmo a equipe do Reddit.
Você não perderá pontos por votos negativos em seus comentários ou em suas postagens. Você aprenderá apenas uma porcentagem menor de tokens na distribuição da próxima semana.
O que é uma chave pública?
Sua chave pública (também chamada de "endereço da carteira") é o seu endereço na blockchain. É semelhante a um endereço postal, pois identifica você e permite que as pessoas lhe enviem transações blockchain, semelhante à maneira como alguém pode enviar e-mail para o seu endereço residencial.
Assim como um endereço residencial, as informações não são particulares, mas são confidenciais. Você provavelmente não quer que todos tenham o endereço.
Sua chave pública será uma grande quantidade de números e letras, mas no Ethereum sempre começará com "0x"
O que é uma chave privada?
Uma chave privada é como sua senha. São informações privadas que devem ser mantidas em segurança.
Você nunca pode alterar sua chave privada. Portanto, se ficar comprometido, mesmo que você precise fazer uma nova carteira.
Nunca compartilhe sua chave privada com ninguém. Sempre.
A equipe do Reddit precisará conhecer minha frase inicial ou minha chave privada?
Não nunca.
Posso comprar / vender Community Points / Tokens?
Não há trocas por esses tokens, pois eles estão atualmente na rede de teste de Rinkeby.
submitted by AdamSC1 to CommunityPointsHelp [link] [comments]

Seria possível e viável substituir, em termos econômicos, as moedas por criptomoedas?

Vejam que me refiro aqui unicamente a questões econômicas, partindo do pressuposto que a aceitação/educação e a tecnologia já estão garantidas para tal.
Pois bem, direto vejo algumas pessoas defendendo essa ideia, de as criptomoedas se tornarem as moedas padrão em circulação e efetivamente substituírem (não apenas coexistirem com) as moedas tradicionais.
Mas aí penso na questão da enorme variação na cotação dessas moedas e em como seria na prática você ter hoje Bitcoins suficientes na carteira pra fazer as compras do mês e amanhã acordar pra descobrir que o Bitcoin agora vale metade do que valia ontem porque a galera tá migrando pro Etereum, por exemplo. Ou essa variação louca que temos hoje acontece em razão da oferta e demanda porque as criptomoedas ainda são tratadas basicamente como investimentos, como "algo que você pode converter em 'dinheiro de verdade' (como as ações de uma empresa ou um imóvel)", e não necessariamente como dinheiro por si sós (dinheiro real, dinheiro aceito para adquirir bens e serviços)? E sobre essa questão da oferta e demanda, supondo que as criptomoedas passem a ser usadas efetivamente como dinheiro e substituam as moedas correntes isso continuaria acontecendo? Digo, entendo isso em termos de alguém querer comprar Dólar porque o mercado americano está se fortalecendo, mas a partir do momento em que a moeda é global e não ligada a nada nem ninguém o que leva alguém a querer comprar ou vender essa moeda? Ainda, como você compra a mesma moeda que você usa (por exemplo, você tem 100 Reais, como compra 200 Reais [e não "como você adquire 200 Reais?", o que no caso seria trocando por algum bem que você tem ou serviço que pode oferecer]?)?
Vejo também a questão de termos várias criptomoedas diferentes, como Bitcoin, Etereum, Monero, em breve a Libra (do Facebook, que tem aí umas questões sobre não ser de fato uma criptomoeda), etc., etc., etc. Ok, hoje temos o Real, o Peso, o Euro, o Dólar e centenas de outras moedas, mas essas são moedas oficiais de cada país/região (de modo que se eu for comprar algo no Brasil vou usar o Real e fim de papo) e que têm uma certa estabilidade. Mas e quando as moedas são globais, "livres", sem lastro, de todo mundo e ao mesmo tempo de ninguém? As pessoas terão que ter um pouquinho de cada moeda na carteira, a aceitação acabará sendo ampla (pelo menos pra algumas moedas mais aceitas) ou naturalmente uma criptomoedasmoeda se tornará a moeda padrão e as demais acabarão sendo usadas por determinados nichos ou mesmo serão abandonadas? Ainda nesse ponto, como garantir que amanhã aquela minha moeda continuará existindo? Por exemplo, vai que o Satoshi acorda um dia de mau humor e resolve "apertar o botão" que acaba com o Bitcoin? Ou isso não existe e agora "o Bitcoin é do mundo" e seu criador não tem mais qualquer poder sobre a criação?
Tenho certeza que estou perdendo alguma coisa aqui, estou deixando de considerar algo, até porque meus conhecimentos de economia são menos do que básicos, e é por isso que crio esse tópico - pra ter essas dúvidas sanadas (ou pelo menos ver uma boa discussão em torna delas) e aprender alguma coisa.
Obrigado, e sintam-se livres pra adicionar mais pontos aos meus questionamentos e problemas levantados.
submitted by CaPeBaLo to investimentos [link] [comments]

Seria possível e viável substituir, em termos econômicos, as moedas por criptomoedas?

Vejam que me refiro aqui unicamente a questões econômicas, partindo do pressuposto que a aceitação/educação e a tecnologia já estão garantidas para tal.
Pois bem, direto vejo algumas pessoas defendendo essa ideia, de as criptomoedas se tornarem as moedas padrão em circulação e efetivamente substituírem (não apenas coexistirem com) as moedas tradicionais.
Mas aí penso na questão da enorme variação na cotação dessas moedas e em como seria na prática você ter hoje Bitcoins suficientes na carteira pra fazer as compras do mês e amanhã acordar pra descobrir que o Bitcoin agora vale metade do que valia ontem porque a galera tá migrando pro Etereum, por exemplo. Ou essa variação louca que temos hoje acontece em razão da oferta e demanda porque as criptomoedas ainda são tratadas basicamente como investimentos, como "algo que você pode converter em 'dinheiro de verdade' (como as ações de uma empresa ou um imóvel)", e não necessariamente como dinheiro por si sós (dinheiro real, dinheiro aceito para adquirir bens e serviços)? E sobre essa questão da oferta e demanda, supondo que as criptomoedas passem a ser usadas efetivamente como dinheiro e substituam as moedas correntes isso continuaria acontecendo? Digo, entendo isso em termos de alguém querer comprar Dólar porque o mercado americano está se fortalecendo, mas a partir do momento em que a moeda é global e não ligada a nada nem ninguém o que leva alguém a querer comprar ou vender essa moeda? Ainda, como você compra a mesma moeda que você usa (por exemplo, você tem 100 Reais, como compra 200 Reais [e não "como você adquire 200 Reais?", o que no caso seria trocando por algum bem que você tem ou serviço que pode oferecer]?)?
Vejo também a questão de termos várias criptomoedas diferentes, como Bitcoin, Etereum, Monero, em breve a Libra (do Facebook, que tem aí umas questões sobre não ser de fato uma criptomoeda), etc., etc., etc. Ok, hoje temos o Real, o Peso, o Euro, o Dólar e centenas de outras moedas, mas essas são moedas oficiais de cada país/região (de modo que se eu for comprar algo no Brasil vou usar o Real e fim de papo) e que têm uma certa estabilidade. Mas e quando as moedas são globais, "livres", sem lastro, de todo mundo e ao mesmo tempo de ninguém? As pessoas terão que ter um pouquinho de cada moeda na carteira, a aceitação acabará sendo ampla (pelo menos pra algumas moedas mais aceitas) ou naturalmente uma criptomoedasmoeda se tornará a moeda padrão e as demais acabarão sendo usadas por determinados nichos ou mesmo serão abandonadas? Ainda nesse ponto, como garantir que amanhã aquela minha moeda continuará existindo? Por exemplo, vai que o Satoshi acorda um dia de mau humor e resolve "apertar o botão" que acaba com o Bitcoin? Ou isso não existe e agora "o Bitcoin é do mundo" e seu criador não tem mais qualquer poder sobre a criação?
Tenho certeza que estou perdendo alguma coisa aqui, estou deixando de considerar algo, até porque meus conhecimentos de economia são menos do que básicos, e é por isso que crio esse tópico - pra ter essas dúvidas sanadas (ou pelo menos ver uma boa discussão em torna delas) e aprender alguma coisa.
Obrigado, e sintam-se livres pra adicionar mais pontos aos meus questionamentos e problemas levantados.
submitted by CaPeBaLo to BrasilBitcoin [link] [comments]

Discussão sobre Criptopmoedas (Bitcoin e Altcoins). Um pouco sobre o que aprendi e como você pode conhecer mais sobre esse mundo novo.

Oi, /Brasil!
Antes de qualquer coisa gostaria de fazer um ‘disclaimer’ sobre esse post:
Não estou aqui para fazer aquele marketing “Olhe como em apenas 5 passos você pode ficar muito rico!!”. Eu sou extremamente novo nesse mercado de Criptomoedas e aprendi tanta coisa nova e legal e gostaria de compartilhar meu conhecimento, tirar duvidas e quem sabe trazer novas pessoas nesse novo mundo.
 
Nesses últimos tempos vários posts sobre Bitcoin e Altcoins estão aparecendo aqui no /Brasil e muita gente discute sobre o assunto. Alguns extremamente céticos, uns curiosos e outros que já conhecem um pouquinho do assunto. Eu tentei dar um help pro pessoal que fez perguntas nos outros posts e alguns se juntaram ao grupo que organizei sobre Criptomoedas no Discord.
 
Não quero trazer também o “invista até não poder mais”. Esse mercado de criptomoedas é extremamente volátil e você pode sim perder dinheiro com isso. Nunca invista o que não pode perder.
 

Quero iniciar comentando sobre algo que muitos céticos usam:

“Bitcoin é uma bolha, ela vai estourar e você vai perder tudo.”
 
O que não é uma bolha, certo?
Bolha do ‘dot com’ e bolha da Apple a bolha do Tesla. Existem vários outros exemplos que eu poderia dar, mas eu não vim aqui pra isso.
 
A ideia central de Criptomoedas é ser um sistema descentralizado de qualquer banco, empresa e governo, ser seguro, open-source, totalmente criptografado, que é apoiado pela matemática implementada. Toda a história da moeda deve ser aberta ao público e você pode ver toda e qualquer transação feita na rede. Essas transações precisam ser processadas por máquinas que confirmam que essa transação não é um double-spending ou alguém querendo criar moedas “out of thin air”. Se alguém quiser hackear o sistema ele vai precisar quebrar toda a Blockchain da moeda (explicação mais abaixo).
 
Blockchain (cadeia de blocos) é todo o registro de tudo que aconteceu com a criptomoeda. Cada novo bloco é ligado ao ultimo bloco existente. Nenhum dado subsequente pode ser alterado sem que todos os outros blocos sejam alterados. Fazendo assim a criptomoeda em questão super segura. Blockchain é estudada para aplicações de gerenciamento de identidade, registro médico, prova de documentos, etc.
 
Você pode fazer uma transferência pequena de alguns trocados até com centenas de milhares Reais para qualquer lugar do mundo. Imagine você aqui no Brasil tem um parente lá na Coréia do Sul. Você quer mandar R$3000,00 para o parente. Para isso você precisa ir até o seu banco, solicitar uma transferência de alto valor, pagar todas as taxas do banco, do seu governo, talvez até do governo do país que será enviado, esperar até a data estipulada para o dinheiro chegar ao seu parente (a partir do dia do envio+2). Faça a pesquisa, você pode pagar muito alto por isso.
 
Agora leve em consideração o Bitcoin. Mesmo com uma taxa alta nesses últimos tempos (da ultima vez eu paguei R$12,00), imagine você mandar esses mesmos R$3000,00. Só que a transação é feita em até 60 minutos. Você manda a ordem de transferência da sua carteira até a carteira do seu parente, essa transferência de Bitcoin é registrada, então processada pelos mineradores e depois de um tempo o Bitcoin é validado na carteira do seu parente. Depois disso ele pode já usar os Bitcoin no mesmo dia ou ir até um caixa eletrônico de Bitcoin e sacar em dinheiro ou até trocar por outras moedas ou por dinheiro em Exchanges.
 
Fora Bitcoin, nós temos centenas de outras criptomoedas. Várias são muito interessantes, como: Ethereum, Litecoin, Bitcoin Cash, Vertcoin. Outras são simplesmente enganações usadas para roubar dinheiro de quem investe nas criptomoedas. Infelizmente existem coisas ruins como essa em qualquer lugar do mundo. Sugiro também uma pesquisa sobre cada criptomoeda. Coinmarketcap é um site legal para você iniciar sua pesquisa nas moedas de maior valor, volume, tecnologia, etc.
 

Mineração

A mineração consiste em usar o recurso de processamento do seu computador para procurar e resolver blocos. Quando isso acontece uma recompensa é distribuída para todos os mineradores envolvidos na mineração. Você pode minerar sozinho (o que hoje é impossível para alguém normal) ou pode entrar em uma Mining Pool.
 
Recentemente comecei a minerar uma criptomoeda chamada Vertcoin. Não é necessário muito conhecimento em como funciona a mineração. Basta ter um computador com placa de vídeo legal (a partir de uma gtx 1060 é legal), baixar um programa chamado One-Click Miner (OCM), arranjar uma carteira da moeda (interessante a Electrum Vertcoin Wallet), apontar seu minerador para aquela carteira, selecionar uma Pool de mineração e clicar Start.
 
Na mineração de Vertcoin você usa o poder de processamento da sua GPU para procurar blocos na rede junto com vários outros mineradores. Quando um bloco é encontrado você é recompensado pelo tempo que você esta minerando. Quanto mais tempo estiver minerando, melhor. Mas até um limite claro.
 
Não vou dizer que vale a pena você minerar porque existem muitas variáveis para isso. Para mim esta valendo a pena. Com uma GTX 1080 consigo pagar o gasto extra de conta de luz e lucrar Vertcoins. Recomendo fazer o calculo e ver se vale a pena.
 
A ideia central que estou levando para minerar Vertcoin é que devido a sua história, seus desenvolvedores, resistência à ASIC (Application Specific Integrated Circuits) e sua transparência com a comunidade ela será adotada pelo mercado. Seu valor subiu de US$0,04 em Janeiro de 2017 para hoje no preço de US$5,4. Outra coisa legal é que o Vertcoin usa algoritmo criado por brasileiros, chamada Lyra2!
 
Se você, leitor, tiver interesse em minerar ou discutir mais sobre moedas e conhecer mais, eu vou sugerir entrar no Discord que criei exatamente para isso: https://discord.gg/aWfV2Q5. Somos um grupo pequeno, mas o pessoal lá é super amigável e me trouxeram muito conhecimento novo. Temos desde iniciantes até alguns veteranos no assunto. Temos uma Pool de mineração de Vertcoin (Veja aqui) também se alguém se interessar.
 

Conclusão

Esse mundo de Cryptocurrencies é muito novo, estranho, inovador e interessante. Aprendi muita coisa e nem estou a tanto tempo assim aprendendo. Tenho comprado, vendido, minerado e guardado várias moedas diferentes. Tenho lucrado uma grana interessante que não teria vindo caso continuasse igual meus amigos que dizem não ter dinheiro pra investir nisso, mas saem todo final de semana com amigos/namorada e gastam 50, 100, 200 reais. Deixasse de sair 1 fim de semana por mês e compra uma moeda “segura” como Litecoin ou Ethereum. Da um lucro legal em uns 10 anos caso for atento, trocar por Real quando necessário ou mudar pra outra moeda.
 
Tem muita coisa que ainda quero falar, mas não quero deixar esse texto mais extenso do que esta. Por isso, peço a você que está lendo para deixar seus comentários, a favor ou contra, que vou tentar responder, aprender coisas novas, tirar dúvidas, fazer perguntas também e ter discussões saudáveis.
submitted by TheCrazyTiger to brasil [link] [comments]

10 vantagens de usar bitcoins.

Dez vantagens de aceitar e usar bitcoins!
  1. A possibilidade de transferências P2P (peer-to-peer), sem fronteiras, sem intermediadores e de forma quase imediata. Perfeito para transferências internacionais.
  2. Uma moeda global, aceita em todos os locais do mundo. Um leque enorme de opções.
  3. Liberdade. Não existe uma empresa ou um órgão governamental que interfere na moeda. O bitcoin não pode ser congelado, confiscado ou produzido em maior escala para atender as vontades de um governo.
  4. É possível fazer pagamentos, doações ou transferências de forma confidencial e anônima, pois sua carteira não esta associada aos seus dados.
  5. Você se torna dono do seu próprio dinheiro, ninguém além de você teria acesso as suas chaves privadas.
  6. O anonimato que o bitcoin oferece, está no fato que não é produzido um histórico de consumo como nos cartões de créditos e contas bancárias. Você pode até comprar seus bitcoins com o cartão de crédito, mas as relações de consumo não são arquivadas por uma empresa privada.
  7. Não há saldo mínimo ou máximo de bitcoin em uma carteira. Nem transferência máxima, pode enviar a quantia que quiser sem precisar declarar nada.
  8. Criar uma carteira para o bitcoin é mais simples que abrir uma conta de e-mail.
  9. Você consegue trocar de wallet facilmente e mudar todos os seus bitcoins de uma para outra.
  10. A qualidade do código do bitcoin tornam moeda e transações infalsificáveis.Tudo através dos Nodes para confirmar as transações e blocos.
submitted by ayanamirs to brasil [link] [comments]

O que são moedas estáveis? USDT, TUSD, GUSD, USDC e USDQ (tradução do texto original - link no rodapé)

O que são moedas estáveis? USDT, TUSD, GUSD, USDC e USDQ
Neste artigo, Slava Mikhalkin fala sobre o USDQ, um stablecoin totalmente algorítmico que oferece confiabilidade e fácil colateralização para o Bitcoin. Trabalhando como um arquiteto Blockchain na PLATINUM ENGINEERING, a Slava colabora com a equipe de + 200 funcionários para desenvolver soluções inovadoras em carteiras de marca branca, plataformas de captação de recursos STOs e IEOs e modelos de negócios de ciclo completo para projetos de criptografia. Uma importante proposta de valor, trazida pela PLATINUM ENGINEERING, é uma abordagem holística, em que um conjunto de talentos versátil ajuda as startups a desenvolver capacidades em TI, marketing e jurídico. Um exclusivo stablecoin USDQ descentralizado apresenta vários algoritmos de estabilização de preços, um intrincado sistema de incentivos para traders e um módulo de análise preditiva orientado por IA. Este romance stablecoin vale a pena notar enquanto ainda está reunindo vapor. Prefácio
É claro que as criptomoedas estão gradualmente fazendo incursões na economia global, aproximando-se da adoção em massa. As criptocorrências oferecem uma série de vantagens - descentralização e confiança, baixas comissões e desintermediação - que facilitam a realização das transações diárias dos usuários. Qualquer pessoa pode transferir valor para todo o mundo, ganhando com o tempo de processamento rápido.
Em comparação, o envio de valores através das fronteiras por meio de sistemas financeiros legados requer longos períodos de espera e taxas, ao mesmo tempo em que torna os usuários presos em processos altamente complexos. Por exemplo, se uma pessoa do Japão quiser enviar algum dinheiro para a Inglaterra, as taxas podem variar de 5% a 10%, dependendo do sistema usado. Além disso, haverá algumas taxas de conversão de moeda. Parece que os jogadores centralizados, que atualmente desfrutam da falta de competição, estabelecem taxas e comissões exatamente como desejam.
E são os comerciantes que realizam transações transfronteiriças que acham que trabalhar com instituições financeiras legadas é mais problemático. Eles continuam perdendo grandes pedaços de seus lucros potenciais, apenas pagando taxas aos processadores de pagamento. Isso faz com que as empresas aumentem seus preços, passando essas despesas para os consumidores comuns. A Crypto oferece uma mudança de paradigma, trazendo para a mesa velocidades relâmpago e taxas mais baixas. Embora as criptomoedas tenham conquistado cada vez mais a atenção dos comerciantes em todo o mundo, ainda há vários obstáculos para uma adoção mais ampla, entre os quais estão a volatilidade dos preços, as limitações de escalabilidade e outras.
A volatilidade é reconhecidamente o maior obstáculo que impede que as empresas usem mais moedas criptografadas. Bitcoin pode experimentar grandes flutuações em apenas algumas horas ou mesmo minutos. Além disso, as principais moedas, como Bitcoin e Ethereum, apresentam problemas de escalabilidade, o que resulta em alto tempo de processamento. Um comerciante, que tem que lidar com centenas de pagamentos diariamente, não seria capaz de conduzir seus negócios eficientemente se as transações ficarem paradas por dias a fio. Além disso, é extremamente difícil para os adeptos converter moedas criptografadas em fiat através dos bancos e outros agentes financeiros com os quais normalmente trabalham.
As criptocorrências procuram oferecer soluções para todos esses problemas.
O que é stablecoin?
Uma stablecoin é uma criptomoeda, cuja arquitetura permite que seu preço seja sempre igual ao preço de outro ativo. A maioria dos stablecoins está vinculada ao dólar americano. Os maiores nomes em criptomoedas são Tether, Gemini Dollar, USDQ, TUSD e outros.
Como os stablecoins conseguem ser tão estáveis?
Ao contrário de outras moedas que flutuam livremente, as criptomoedas estáveis ​​exigem que cada unidade receba uma unidade da moeda fiduciária. Por exemplo, Tether (USDT) fixa 1 USDT a 1 USD na base de um para um. Desta forma, stablecoins estão em algum lugar entre cryptocurrencies e regular fiats. O Tether é baseado em seu próprio blockchain que é construído sobre os sistemas Bitcoin, Litecoin e Ethereum.
Embora o Tether seja o maior stablecoin, há uma série de preocupações quanto às suas operações. A maior delas é a contínua controvérsia quanto às reservas fiduciárias, que o emissor deve armazenar na relação um-para-um com o número de unidades Tether emitidas. A empresa tem dito que a auditoria será feita em um futuro próximo, mas há apenas algumas semanas começou a afirmar que não é apenas o dinheiro, mas também empréstimos para outras empresas que podem ser registradas como reservas fiduciárias. Essas declarações resultaram em crescente desconfiança entre os entusiastas da criptografia.
Outro projeto é o TrueUSD (TUSD). Ele também atrela ao USD. A diferença com o Tether é a abertura para auditorias e transparência. A empresa está aberta a auditorias de terceiros, publica os relatórios devidamente verificados sobre as reservas fiduciárias que detém. Além disso, os usuários desfrutam de proteções legais.
O USDC é outro stablecoin que foi criado pelo famoso Círculo de troca de criptomoedas. Assim como TUSD, se oferece conformidade regulatória e transparência. O grande problema em todos esses sistemas é o fato de que eles permitem que as autoridades aproveitem os fundos dos usuários, o que nega completamente a própria idéia de descentralização e anti-censura, na qual a criptografia é construída.
O USDQ é diferente de outros stablecoins, uma vez que não é respaldado pela moeda fiduciária, mas pelo Bitcoin e outras dez criptomoedas no futuro. Isso permite que o ecossistema evite lidar com sistemas financeiros legados. Através do processo de supercollateralização, USDQ transforma criptomoedas altamente voláteis no USDQ indexado ao USD, que é perfeito para armazenar valor e processar transações na economia externa, sem qualquer risco de mudanças de preço. A moeda está sendo desenvolvida pela PLATINUM ENGINEERING com a pequena comunidade crescendo lentamente em torno do projeto.
Por que precisamos de stablecoins?
Stablecoins avançaram como uma nova iteração em criptomoedas, permitindo tratar de questões como alta volatilidade e interações com sistemas financeiros legados.
Moedas como o USDQ garantem que vários mecanismos sejam usados ​​para estabilizar os preços na pegada do USD. Os traders podem facilmente mudar seus Bitcoins para USDQ e, assim, evitar o impacto negativo em mudanças indesejadas de preços. Stablecoins são muito fáceis de usar, o que é um benefício para os usuários não-techy. Qualquer pessoa de todo o mundo pode rapidamente converter fiat em stablecoins, sem qualquer necessidade de pensar em futuras mudanças de preço e sem se preocupar com riscos potenciais de perder seus fundos. Como regra geral, você sempre encontrará vários pilares em trocas de criptografia, permitindo que os comerciantes se movimentem rapidamente em estábulos e outros criptos.
Como já falamos acima, os pagamentos transfronteiriços ganham mais com o uso dos stablecoins. Esta espécie híbrida entre decreto e criptografia ajudará a abrir o valor oculto no comércio global, totalizando trilhões de dólares em lucros para as partes interessadas.
O USDQ é stablecoin descentralizado, que usa algoritmos para oferecer maior estabilidade e confiabilidade. Totalmente on-chain e monitorado por robôs AI de alta velocidade, o ecossistema oferece defesas confiáveis ​​contra ataques e ações maliciosas. Primeiro executado na linha de adaptadores, o USDQ é trazido pela PLATINUM ENGINEERING Team, buscando soluções inovadoras em colateralização, usando mecanismos de estabilização e oráculos para estabilizadores de alta resistência. Totalmente anónimo, o USDQ ultrapassa os limites deste mundo legado.
PLATINUM ENGINEERING compartilha abertamente sobre o seu desenvolvimento e vetores para o crescimento, permitindo que as partes interessadas aprendam sobre soluções de ponta no domínio blockchains / crypto. A PLATINUM ENGINEERING já ajudou mais de 150 projetos de criptografia a crescer através da emergente economia blockchain do futuro. As empresas ficariam maravilhadas com as novas capacidades que poderiam obter através da tokenização de seus modelos de negócios, automatizando os processos de negócios de rotina e atraindo investidores para os mercados de criptografia. A equipe dá as boas-vindas à comunidade para entrar em contato diretamente através dos grupos oficiais do Telegram, Facebook ou LinkedIn. Os leitores aprenderão como obter novas vantagens competitivas tocando no blockchain em seu blog.
submitted by cristsouza to u/cristsouza [link] [comments]

NovaDAX: Mais Fácil e Segura para Comprar BTC e ETH!

NovaDAX: Mais Fácil e Segura para Comprar BTC e ETH!
A NovaDAX.com.br, que cria a maneira mais fácil e segura de comprar Bitcoin e Ethereum, será lançada no final de setembro. Atualmente, oferece os serviços de trading crypto-fiat com Bitcoin e Ethereum.
Com seu lançamento inicial no Brasil, no futuro, a NovaDAX.com.br, se prepara para lançar na Europa, EUA, Japão e Sudeste Asiático, etc.
https://preview.redd.it/k9wg8urbcqs11.png?width=800&format=png&auto=webp&s=639e2cbd23f263a458284c4cb18caef3bbef9222
O que é a NovaDAX?
A NovaDAX.com.br é uma das exchanges líderes globais de criptomoedas, fornecendo os serviços financeiros avançados a traders globais, utilizando a tecnologia blockchain.
A NovaDAX.com.br oferece aos clientes uma maneira segura, conveniente e rápida de comprar, vender e armazenar ativos digitais. Ao usar nossa carteira, os clientes podem enviar, receber e armazenar ativos digitais com maior segurança, e a plataforma de trading permite que os clientes comprem e vendam ativos digitais instantânea e globalmente.
Nossa visão é trazer aos clientes globais um serviço financeiro mais eficiente, construindo um ecossistema financeiro aberto.
O que é NPT token?
NPT é o ativo comum reconhecido para ligar todos os serviços financeiros no Nova ecossistema. Na NovaDAX, o NPT deduzirá até 50% de taxa de transação.
NPT visa oferecer a bilhões de clientes globais três serviços de criptoativos — Gerenciamento de Criptoativos (Carteira Digital & Fundo de Hedge), Trading de criptoativos e Limite de Crédito (Cartão de Crédito Nova e Contas Bancárias Nova).
Como é a Equipe NovaDAX.com.br?
A visão é global. A NovaDAX agora tem mais de 600.000 clientes em 6 continentes. Sediada na Suíça, a NovaDAX possui equipes e escritórios na Europa, EUA, China, Brasil, Singapura e Indonésia. Nossa equipe de classe mundial é composta de especialistas em tecnologia do Google, Amazon, Tencent etc.
https://preview.redd.it/vnnlofuzcqs11.png?width=1882&format=png&auto=webp&s=25f0af576182cfd0bc6373cc380dbaddb8ca5b99
A equipe de especialistas da NovaDAX inclui não apenas programadores superiores, mas também de setores financeiros, sempre colocando a segurança e prioridades dos clientes em primeiro lugar.
Como é o Nova Ecossistema?
O objetivo da Nova é criar um Ecossistema Financeiro com o NPT como o ativo comum reconhecido. NPT significa Nasdaq + Paypal + Citi. O Nova Ecossistema fornece a bilhões de clientes globais três serviços de Criptoativo — Gerenciamento de Criptoativo, Trading de Criptoativo e Criptocrédito.
https://preview.redd.it/9xinixmcdqs11.jpg?width=1600&format=pjpg&auto=webp&s=b7989ae125306ebd2b436031f33a0ae787a5cf49
Para fornecer os serviços avançados de trading de criptomoedas a traders globais, a Nova já obteve a Licença da Exchange Suíça. E já lançou nossa própria Exchange no Brasil. Além disso, a Nova está solicitando a Exchange Licença do Japão e dos EUA.
https://preview.redd.it/ko7a9w6sdqs11.png?width=449&format=png&auto=webp&s=a4142bacfba72154f68d9ed8c77163b378cf8927
A Nova planeja desenvolver nossa própria Chain Pública — a Nova Chain, para proteger a privacidade dos usuários e criar Limite de Criptocrédito.
A Nova Chain possibilita a verificação de múltiplas identidades, o que protege os dados dos clientes contra perdas e roubos. Ao gravar os dados dos clientes na Chain, o Sistema da Nova Chain faz a abertura de contas bancárias virtuais globalmente mais fácil e a solicitação para cartões de crédito cripto com base no seu registro de dados possível.
https://preview.redd.it/icwjexvydqs11.png?width=750&format=png&auto=webp&s=c0c2069e2a4e5d7e4164d38196982881abfa6259
Além disso, mais aplicativos mencionados acima para transformar o Ecossistema Financeiro serão lançados, como o Nova Banco Virtual de Criptomoeda e o Fundos de Hedge de Cripto.
Fornecendo a maneira mais fácil e segura de comprar Bitcoin e Ethereum. Vamos te trazer mais aqui na NovaDAX.com.br!
submitted by NovaDAX to NovaDAX [link] [comments]

🔴 Melhores Sites Para Ganhar Bitcoin 🏆 Moon Bitcoin ✅

melhores sites para ganhar bitcoin | moon bitcoin Inscreva-se: https://goo.gl/4j9Kzz

ideiasparaganhar #moonbitcoin

Vídeo: https://youtu.be/-dKBdXoDW0U
Coinpot Como Funciona. Link do Vídeo: https://youtu.be/jA_n1zg9y8U
🔴 Lista de Faucet da Coinpot: 🏆 BitFun: https://goo.gl/KWAbRj ✅ Bônus Bitcoin: https://goo.gl/8dB6FR ✅ Moon Bitcoin: https://goo.gl/ccpH6L ✅ Moon Dogecoin: https://goo.gl/aNSZ5Z ✅ Moon Litecoin: https://goo.gl/WDc1Ro ✅ Moon Dash: https://goo.gl/W5qMeD ✅ Moon Cash: https://goo.gl/SDhZjq ✅ 💲💯 💲💯 💲💯 💲💯 💲💯 💲💯 💲💯 💲💯
📢 Acesse, 👍 Curta e 🚀Compartilhe 💎 Twitter: https://twitter.com/Ideias4Ganhar 💎 Instagram: https://www.instagram.com/ideiasparaganhar 💎 VK ВКонтакте: https://vk.com/ideiasparaganhar 💎 Reddit: https://www.reddit.com/useIdeiasParaGanhar
Veja também: 🔴 BÔNUS BITCOIN Como Funciona | 🏆 melhores faucets 2018 ✅ https://www.youtube.com/watch?v=x6pl86PAh6M 🔴 BITFUN 🔔 Melhores sites para ganhar BITCOIN 🅰🆄🆃🅾🅼🅰🆃🅸🅲🅰🅼🅴🅽🆃🅴 🚀 https://youtu.be/IOq08hwNRwA 🔴 COINPOT | 🏆 Como Usar a Coinpot 2018 Para Ganhar Muitos Satohis!【✔】Tokens https://www.youtube.com/watch?v=jA_n1zg9y8U 🔴 Faucethub Como Usar | 🏆 Faucethub 2018 【✔】 https://www.youtube.com/watch?v=l11lU27-fCE 🔴 Faucethub Como Funciona 🏆 | Faucethub Como Usar【✔】 https://www.youtube.com/watch?v=Og7lprYgRK8 🔴 Coinpayments | Como Usar Coinpayments 【✔】 Passo a Passo | Taxas https://www.youtube.com/watch?v=fbaPG0WPBr0 🔴 QUAL CARTEIRA BITCOIN USAR? | QUAL A MELHOR CARTEIRA PARA BITCOIN? 【✔】 2018 https://www.youtube.com/watch?v=eVK5KKEnyNo

coinpot

bitcoingratis

ganharbitcoin

submitted by IdeiasParaGanhar to u/IdeiasParaGanhar [link] [comments]

🔴 BÔNUS BITCOIN Como Funciona | 🏆 melhores faucets 2018 ✅

melhores faucets 2018 bonus bitcoin como funciona Inscreva-se: https://goo.gl/4j9Kzz

ideiasparaganhar #bonusbitcoin

Vídeo: https://youtu.be/x6pl86PAh6M
Coinpot Como Funciona. Link do Vídeo: https://youtu.be/jA_n1zg9y8U
🔴 Lista de Faucet da Coinpot: 🏆 BitFun: https://goo.gl/KWAbRj ✅ Bônus Bitcoin: https://goo.gl/8dB6FR ✅ Moon Bitcoin: https://goo.gl/ccpH6L ✅ Moon Dogecoin: https://goo.gl/aNSZ5Z ✅ Moon Litecoin: https://goo.gl/WDc1Ro ✅ Moon Dash: https://goo.gl/W5qMeD ✅ Moon Cash: https://goo.gl/SDhZjq ✅ 💲💯 💲💯 💲💯 💲💯 💲💯 💲💯 💲💯 💲💯
📢 Acesse, 👍 Curta e 🚀Compartilhe 💎 Twitter: https://twitter.com/Ideias4Ganhar 💎 Instagram: https://www.instagram.com/ideiasparaganhar 💎 VK ВКонтакте: https://vk.com/ideiasparaganhar 💎 Reddit: https://www.reddit.com/useIdeiasParaGanhar
Veja também: 🔴 BITFUN 🔔 Melhores sites para ganhar BITCOIN 🅰🆄🆃🅾🅼🅰🆃🅸🅲🅰🅼🅴🅽🆃🅴 🚀 https://youtu.be/IOq08hwNRwA 🔴 COINPOT | 🏆 Como Usar a Coinpot 2018 Para Ganhar Muitos Satohis!【✔】Tokens https://www.youtube.com/watch?v=jA_n1zg9y8U 🔴 Faucethub Como Usar | 🏆 Faucethub 2018 【✔】 https://www.youtube.com/watch?v=l11lU27-fCE 🔴 Faucethub Como Funciona 🏆 | Faucethub Como Usar【✔】 https://www.youtube.com/watch?v=Og7lprYgRK8 🔴 Coinpayments | Como Usar Coinpayments 【✔】 Passo a Passo | Taxas https://www.youtube.com/watch?v=fbaPG0WPBr0 🔴 QUAL CARTEIRA BITCOIN USAR? | QUAL A MELHOR CARTEIRA PARA BITCOIN? 【✔】 2018 https://www.youtube.com/watch?v=eVK5KKEnyNo

coinpot

coinpot2018

coinpotcomofunciona

ganharbitcoin

bonusbitcoin

submitted by IdeiasParaGanhar to u/IdeiasParaGanhar [link] [comments]

Você sabe o que é Bitcoin ?

O universo digital realmente revolucionou toda a sociedade. Se novas condutas vieram à tona, novas ferramentas também surgiram para substituir ou agregar funções às mais tradicionais.
Com isso, informação, distância e velocidade ganharam uma nova dimensão. Até o dinheiro passou por modificações conceituais e promete continuar em evolução.
Nesse sentido, é importante falar do bitcoin (BTC), uma criptomoeda que vem fazendo sucesso no mundo todo. Você conhece essa tecnologia digital? Leia o post e entenda o que é e como realizar transações com Bitcoins.
OS CONCEITOS RELACIONADOS AO BITCOIN
Para entender como se efetuam as transações com bitcoins, é necessário compreender alguns conceitos — como endereço, carteira e mineradores, por exemplo. Veja:
ENDEREÇO
Trata-se de uma cadeia de 26 a 35 caracteres alfanuméricos — ou seja, composta por letras e números. Essa cadeia, ou string, serve para identificar o envio de um pagamento em bitcoins.
Exemplo de endereço: 14rruWSPHSCCNzCGyCqreAVp1rfyCZKt9B.
O bitcoin usa a criptografia de uma chave pública para dar validade à autoria de uma transação em rede por meio da assinatura digital. A chave pública é produzida a partir da chave privada do usuário e o endereço, por sua vez, é gerado a partir da chave pública.
CARTEIRA
Trata-se de um software empregado pelo usuário a fim de registrar endereços de recebimento controlados por uma ou por mais chaves privadas do usuário. A carteira cria, assina e transmite transações com bitcoins para a rede. Existem carteiras como aplicativos web, mobile, desktop e também para hardwares.
TRANSAÇÕES COM BITCOINS
Trata-se de uma estrutura de dados que representa a transferência de determinado valor de uma origem específica para um destino específico. Os fundos de origem do valor são chamados inputs. O destino do valor é denominado output.
BLOCO
As transações com bitcoins são agrupadas em blocos. Um bloco está sempre ligado a outro bloco anterior e informa qual foi o hash — ou seja, o código calculado e aprovado pela rede de bitcoins. Forma-se, assim, uma corrente de blocos. Ao ler todos os blocos, é possível estar a par de todas as transações com bitcoins efetuadas.
MINERADOR
Os mineradores montam os blocos de bitcoins. Eles reúnem as transações com bitcoins espalhadas na rede para formar um bloco. Montado o bloco, é preciso calcular o hash ideal. Ele calcula diferentes hashes até encontrar aquele que o bitcoin aceita. Para isso, ele precisa de um dado especial, o nonce. Tanto o nonce quanto o hash são somente um número.
Somente para exemplificar, digamos que o hash não pode ser superior a 6 (valor máximo). Quando o minerador encontra um dado (nonce) que faz o hash resultar em 4, ele já pode propagar o valor na rede.
TAXA DE TRANSAÇÃO (FEE)
Trata-se de uma quantidade de bitcoins acrescentada à transação como maneira de recompensar o minerador que tiver sucesso ao minerar o bloco da respectiva transação.
Essa quantidade é definida pelo usuário ou pelo software, variando conforme a prioridade exigida pelo usuário para que seja confirmada a transação. Geralmente, costuma-se pagar 0.0001 bitcoins de taxa por cada 1 kilobyte em uma transação normal.
AS TRANSAÇÕES COM BITCOINS NÃO TÊM SALDO
Ao contrário das transações com papel-moeda, as transações com bitcoins não apresentam saldo. As carteiras não guardam nenhum valor e a totalidade de bitcoins fica nas transações.
Caso o usuário receba 4 moedas de BTC de uma pessoa, receba mais 3 de outro usuário e deseje usar 6 moedas, a carteira identifica como origem (input) as primeiras transações (7 bitcoins no total). O bitcoin restante corresponde ao troco e é enviado, pelo software, de volta ao usuário que recebeu as moedas.
O TEMPO DAS TRANSAÇÕES COM BITCOINS
Geralmente, os blocos de bitcoins levam 10 minutos para que sejam encontrados os nonces. Se os mineradores encontram o nonce muito rapidamente, o valor máximo do hash (que, no exemplo acima, é 6) será reduzido para tornar o trabalho mais difícil.
Por outro lado, se os mineradores estiverem demorando muito, o valor máximo é aumentado para facilitar. Isso significa que tudo se ajusta proporcionalmente, sendo calculado pela própria rede. Para que a transação não se prolongue por muito mais tempo, não existe saldo. Além disso, só podem ser gerados seis blocos de criptomoedas por hora em toda a rede.
CARTEIRAS MULTI-ASSINADAS
As carteiras multi-sig, que começam com o número 3 (ex. 32v7uX5nLhZAidxMvnzq2XfAkhZNnJLxCt), só podem ser movimentadas com mais de uma chave. Exemplo, um endereço com 3 chaves precisa de 2 para ser movimentado, assim você pode criar uma espécie de conta bitcoin conjunta, que precisa da autorização de ambos pra movimentar..
A SEGURANÇA DO BLOCKCHAIN
O blockchain (cadeia de blocos) é o sistema de registros que confere total segurança às transações com bitcoins. Trata-se de um sistema de contabilidade que valida e distribui o registro de uma transação em todas as partes em que o software está atuando.
Trata-se do processo já descrito em que um hash é aprovado por um bloco que está ligado a outro imediatamente anterior.
Pode-se dizer que o Blockchain é o Livro Razão das transações com bitcoins, registrando todas elas de forma cronológica, depois que são validadas pelo hash. Vale acentuar que esse registro é único, imutável e compartilhado pelos usuários de um sistema específico.
COMO USAR BTC
Além do mercado de ações, o BTC pode ser usado de diferentes formas. Ele é mais prático que o cartão de crédito e mais seguro que as cédulas e moedas tradicionais. Certos hotéis já aceitam pagamentos em bitcoins. Na internet, muitos produtos podem ser comprados com o uso de bitcoins.
Existem também agências de viagens que trabalham somente com bitcoins, como a BTCTrip.
Também é possível:
· registrar domínios;
· importar alguns produtos;
· cursar faculdade (Draper University);
· fazer cirurgias;
· comprar imóveis;
E então? Você entendeu agora como acontecem as transações com bitcoins? Pouco a pouco você se familiariza com o processo.
Fonte Foxbit Educação
submitted by exlcapital to exlcapital [link] [comments]

/r/oBitcoin FAQ - Novatos por favor leiam

Bem vindo ao /oBitcoin FAQ fixada

O texto que se encontra aqui foi desenvolvido por Mtzrkov e outros em Github.com/btcbrdev/oBitcoin e está em domínio público para ser usado livremente por qualquer um.

O que é bitcoin?

Bitcoin (BTC ou XBT) é o primeiro e mais importante dinheiro eletrônico sem autoridade central, baseado numa tecnologia open-source inédita chamada Blockchain, que foi desenvolvida por Satoshi Nakamoto em janeiro de 2009. Essa tecnologia permite a criação de um "banco de dados" confiável P2P (ponto-a-ponto), o que abre caminho para muitos tipos de inovação, sendo uma delas o próprio bitcoin e outras como contratos descentralizados, por exemplo.
Nota: normalmente emprega-se "Bitcoin" em maiúsculo para se referir ao protocolo (baseado na tecnologia Blockchain) e em minúsculo "bitcoin" para se referir a uma unidade da moeda.
O Bitcoin, além de um bem digital, pode ser considerado também um sistema de pagamento, totalmente independente de qualquer sistema já existente, como cartões de crédito, Paypal, bancos e outros. Sua capacidade atual estimada é de 7 transações por segundo, mas essa capacidade pode ser aumentada com o passar do tempo se houver necessidade. Por ser puramente digital e distribuído, o Bitcoin funciona 24/7 e tem alcance mundial, além de ter locais especializados de troca pela moeda local (chamados exchange) nas principais cidades do mundo.
A segurança da rede do Bitcoin, ou seja, o que garante que não existirá um chamado "gasto duplo" do mesmo dinheiro, é o consenso da rede P2P feito pela validação das transações por parte dos mineradores. Para que um minerador consiga incluir um bloco válido na rede, ele precisa utilizar um grande poder computacional. O processo de mineração consiste na realização de cálculos matemáticos para a seleção de quais transações válidas serão incluídas no próximo novo bloco do Blockchain, excluindo aquelas que tiveram uma tentativa de "gasto duplo" naquele período. Cada nó da rede, além dos mineradores, também é capaz de verificar a validade das transações incluídas no bloco. É nesse processo também que aparecem os "bitcoins ainda não descobertos". A distribuição dos bitcoins é feita de forma previsível, tendo uma queda de recompensa pela metade de 4 em 4 anos. Serão encontrados no máximo 21 milhões de unidades da moeda.

Quanto vale um bitcoin?

O preço de mercado de um bitcoin é determinado através da lei da oferta e da procura, portanto estando sujeito a variações de preço por causa de acontecimentos políticos e econômicos (como desvalorização e inflação de moedas estatais, conflitos, maior demanda por Bitcoin etc).
Assim como nas moedas estatais, o preço do bitcoin varia e pode ser diferente dependendo do lugar em que for negociado.
Se você for comprar dólares no Brasil, você terá que procurar uma casa de câmbio que poderá ter a cotação de R$ 3,00 por dólar, por exemplo. Caso vá a outra casa de câmbio, você poderá notar que o preço poderá ser ligeiramente diferente, além das taxas também variarem. Com o Bitcoin não é diferente. Essa variação entre as exchanges (nome comumente usado para se refererir aos locais de compra e venda de bitcoin) são equilibradas pelo mercado através de operações de arbitragem (comprar num lugar mais barato e vender num mais caro).
Para se ter uma ideia do preço médio do bitcoin, você pode dar uma olhada em sites como os que seguem:
Para um gráfico do preço ao longo do tempo, acesse:

Volatilidade

Por ser uma moeda ainda muito recente (inventada em jan/2009) e ainda não muito utilizada, seu preço de mercado ainda é muito volátil. Isso faz do bitcoin um investimento de risco atualmente. O preço tende a ficar mais estável ao longo do tempo, quando o mercado puder definir com mais exatidão seu "preço real". As oscilações também tendem a diminuir conforme o seu market cap (quantidade de moedas x preço) aumentar. Hoje (2015) o market cap do bitcoin é de US$ 3 bi, o que pode ser considerado pouco se comparado ao valor de algumas empresas como a Dell (US$ 24 bi) ou ainda de outras commodities como o ouro (US$ 2.600 bi).
Para um gráfico da volatidade ao longo do tempo, acesse:

Como obter bitcoins?

O bitcoin é um bem digital e assim como outros bens, pode ser adquirido de diversas formas:

1. Negociação direta (P2P / pessoa a pessoa)

Uma das maneiras mais baratas de se negociar bitcoins, porque não tem taxas, é comprando diretamente de outras pessoas que já possuem a moeda. As duas partes chegam a um acordo de preço e a troca é feita. Geralmente quem tem menos reputação entrega o bitcoin ou a moeda local primeiro.
Por ser uma maneira relativamente arriscada, pois não há um mediador para casos de descumprimento de uma das partes, a reputação de alguém deve ser muito considerada. Exemplo: prefira negociar com alguém do seu círculo de amizades (rede de confiança), alguém que você confie muito como familiares e amigos, ou por uma indicação (amigo de amigo). Se a outra parte tem uma reputação duvidosa, prefira negociar aos poucos (divida os valores em várias partes menores e vá trocando aos poucos).
Algumas ferramentas auxiliam nesse processo de reputação e rede de confiança, sendo elas:

2. Negociação indireta (com intermediário)

Outra forma de se negociar bitcoins (e essa provavelmente é a maneira mais conveniente, embora não seja a mais barata) é utilizando um intermediário que viabilize a compra e venda de bitcoins entre pessoas interessadas. Esses intermediários são as "corretoras" ou "bolsas" de bitcoins (mais conhecidas por exchanges).
Essas corretoras fornecem um serviço de intermediação entre compradores e vendedores de bitcoin, cobrando uma taxa para tal. Por causa disso o bitcoin nas corretoras tem um preço final um pouco mais alto do que se fosse comprar de outras maneiras, mas devido ao altíssimo volume, uma operação pode ser realizada instantaneamente.
Além de usar exchanges, você também pode encontrar um intermediário na relação P2P, tornando-a mais segura. Exemplo: um amigo em comum, que pode levar uma comissão previamente combinada para intermediar as duas partes.
Você pode conferir uma lista de corretoras no ExchangeWar. Algumas das principais corretoras brasileiras são:

Onde gastar bitcoins?

Hoje é virtualmente possível gastar os bitcoins em qualquer lugar, usando algum intermediário para trocá-los imediatamente sob demanda por alguma moeda local, como numa exchange ou com serviços como Neteller, Xapo ou Gyft.
Alguns locais porém já aceitam a moeda digital diretamente, como é o caso da Microsoft, Dell e Overstock, além de inúmeras outras ao redor do mundo.
Confira uma lista com mais de 100 mil lugares que já aceitam diretamente o bitcoin em SpendBitcoins ou no CoinMap.
Segue algumas listas de locais que aceitam bitcoin no Brasil:

Como minerar bitcoins?

Para minerar bitcoins você precisa executar um software em um computador especializado (ASIC) que possa realizar uma grande quantidade de operações matemáticas demandada pelo sistema de consenso P2P do bitcoin.
Logo após a criação do Bitcoin em 2009, era possível e rentável minerar bitcoins utilizando o processamento de computadores pessoais (através de simples processadores e placas de vídeo), mas com o tempo essa atividade deixou de ser rentável e tornou-se praticamente impossível para tais máquinas. Isso aconteceu pois o interesse no Bitcoin aumentou muito, trazendo assim mais pessoas para a mineração e impulsionando uma corrida por maior quantidade de processamento. Com o avanço da tecnologia e o aumento do interesse por Bitcoin, mais poder de processamento foi adicionado à rede Bitcoin e isso resultou em um aumento da dificuldade para se encontrar novos Blocos.
Essa é uma característica do protocolo Bitcoin: quanto maior o poder de processamento da rede, maior a dificuldade para se minerar bitcoins - ou seja, maior a dificuldade para se descobrir novos Blocos. Um bloco é um arquivo que possui uma identificação (data, hora e informações genéricas) e um registro das transações (movimentação de bitcoins entre endereços) mais recentes. Resumidamente, os mineradores são uma forma de manter a rede Bitcoin segura e operante, algo que demanda muito poder de processamento (o que torna inviável o uso computadores de propósito geral para tal fim) e que, como retribuição por essa tarefa importante, gera uma recompensa em bitcoins pelo trabalho.
Todas as transações, ou seja, as movimentações em bitcoins realizadas entre endereços (carteiras), são anônimas pois se caracterizam como uma transferência de fundos de um endereço Bitcoin para outro, que, embora tenham relação indireta com pessoas reais, não possuem uma relação direta. Ou seja, não é possível dizer com absoluta certeza que determinada pessoa é detentora de um endereço a menos que ela diga isso em algum lugar - o que torna o Bitcoin algo pseudônimo, não anônimo (você é anônimo apenas se quiser e tiver conhecimentos para tal). Todas as transações da história da rede Bitcoin são públicas e podem ser conferidas em sites como o Blockchain Info.
Então...é impossível minerar hoje em dia num PC comum ou notebook? Sim, mas não é lucrativo. Para isso existem os ASICs (Circuitos Integrados de Aplicação Específica, em inglês Application Specific Integrated Circuits), hardwares específicos para mineração. Há uma lista na Bitcoin Wiki, em inglês, onde estão listados todos os ASICs disponíveis no mercado e também placas gráficas e processadores. É importante notar que embora seja possível minerar bitcoins, não é algo recomendado aos brasileiros, uma vez que o equipamento é caro, importado e possui taxas de importação - além da energia elétrica brasileira, que inviabiliza totalmente o processo.
Nota: Em processo de desenvolvimento: Guardando seus bitcoins e Ganhando bitcoins.

Unidades comuns do bitcoin

Unidade Abreviação Quantidade em bitcoin Uso Nome alternativo
Bitcoin BTC 1,00000000 Unidade básica, usada no client padrão. XBT
millibit mBTC 0,00100000 Padrão em diversos serviços. -
bit μBTC 0,00000100 Possível novo padrão a ser adotado. microbit
Satoshi - 0.00000001 Frequentemente usado para negociar altcoins, menor unidade possível. -

Comunidade brasileira

submitted by felipelalli to oBitcoin [link] [comments]

Criptomoedas, programadoras afegãs e inflação brasileira, na visão de Peter Smith

Não é de agora que o Brasil vem enfrentando uma crise sem fim, e diante de tantos escândalos financeiros, desvio de verbas e o Brasil em caos, surgem opções inteligente na economia mas infelizmente ainda pouca explorada.
Peter Smith CEO e co-fundador de Blockchain.info, serviço de exploração da rede Bitcoin, e carteiras bitcoin afirma ser uma das empresas de tecnologia com maior crescimento do mundo, o que? Você não acha? Hoje ele está à frente do mundo emergente das criptomoedas e tem ido bem abaixo do que ele chama de “toca do coelho bitcoin”.
Em um mundo onde palavras como “inovação” e “interrupção” são proferidas as vezes que por favor e obrigado, especialmente nos domínios das finanças e tecnologia financeira, às vezes tudo que você precisa é uma boa história.
Após o evento Virgens Disruptores, Smith contou uma história ao site Virgin sobre como a criptomoeda tinha transformado um programa no Afeganistão que ensina mulheres a programar.
“Roya Mahboob, uma mulher de negócios Afghan proeminente, exemplo de mulher, um programa de alfabetização digital que treina meninas afegãs em competências digitais para que eles possam ganhar dinheiro online. Infelizmente, PayPal e Woo Commerce com suas atividades suspensas no Afeganistão, então não havia nenhuma maneira para que essas mulheres possa realmente receber o pagamento. Até que eles começaram a usar bitcoin. Centenas de mulheres estão agora a ser pago para o trabalho de desenvolvimento do contrato inteiramente em bitcoin por empresas em Nova York e Londres “.
Uma dessas meninas foi Parisa Ahmadi, mas as perspectivas de que era “limitado por paredes e escola do meu quarto”. Embora Ahmadi não têm uma conta bancária própria, tudo o que precisava para receber bitcoin era uma conexão à Internet e uma carteira digital, como a empresa de Smith Blockchain.
Fica fácil esquecer que dois mil milhões de adultos no mundo estão sem banco, e ainda mais fácil de esquecer que muitas mulheres em países como o Afeganistão têm contas bancárias que são em grande parte são controladas pelo pai, marido ou irmão. No mundo ocidental, vivemos em uma sociedade onde os serviços financeiros são essencialmente grandes formas de confiança intermediada.
“Eu estava conversando com um de nossos clientes no Brasil recentemente, e ele está comprando bitcoin para se proteger contra a inflação galopante. Ele viu a riqueza pessoal de sua família exterminada nos últimos 15 anos, e ele está usando bitcoin para se certificar de que isso não aconteça novamente. ” – Afirma Perter.
Por que um sistema financeiro completamente tecnológico prova nada menos confiável do que um bem das pessoas? Lembrei-me que o verdadeiro valor desta tecnologia não é de modo que nós no Reino Unido têm uma outra forma de dinheiro que podemos usar para fazer compras on-line. A desintermediação das instituições financeiras centralizadas e a formação de criptomoedas tem o potencial de transformar o mundo em desenvolvimento, oferecendo aos seus cidadãos total transparência, segurança e controle sobre suas vidas financeiras.
Vemos claramente o quanto o bitcoin tem mudado as pessoas, principalmente como elas fazem negócios, deixar de usar uma instituição financeira, gerenciar o seu próprio dinheiro, ter total controle sobre o seus bens, é tudo isso é possível quando usamos o bitcoin.
Fonte: Criptomoedas Fácil
submitted by CristhianRaphael to BrasilBitcoin [link] [comments]

Como funcionam as transações em Bitcoin

Transações em Bitcoin são enviadas de e para carteiras de bitcoin eletrônicas, e são assinadas digitalmente por segurança. Todos na rede sabem sobre a transação, e o histórico da transação pode ser rastreado até o ponto onde o bitcoin foi produzido. Manter bitcoins é ótimo se você é um especulador esperando pelo aumento do preço, mas o ponto central dessa moeda é gastá-la. Sobre o uso de bitcoins, como essas transações funcionam?
Não existem bitcoins, apenas registros de transações com bitcoins
Aqui está a coisa engraçada a respeito de bitcoins: eles não existem em algum lugar, até mesmo em um disco rígido. Nós falamos sobre alguém ter bitcoins, mas quando olhamos em um endereço bitcoin particular, não existem bitcoins digitais mantidos nele, da mesma forma que você poderia manter libras ou dólares em uma conta no banco. Você não pode apontar para um objeto físico, até mesmo para um arquivo digital, e dizer: “este é um bitcoin”. Em vez disso, só há registros de transações entre diferentes endereços, com saldos que aumentam e diminuem. Todas as transações que já ocorreram são armazenadas em um grande livro geral de contabilidade chamado block chain (corrente de blocos). Se você quer trabalhar o equilíbrio de qualquer endereço bitcoin, a informação não está armazenada nesse endereço; você deve reconstruí-la olhando na corrente de blocos.
Com o que se parece uma transação?
Se Alice manda alguns bitcoins para Bob, essa transação terá três pedaços de informação:
Como é feito o envio?
Para enviar bitcoins, você precisa de duas coisas: um endereço bitcoin, e uma chave pessoal. Um endereço bitcoin não é como uma conta de banco; você não precisa de montanhas de papelada e RG para abrir uma. Na verdade, eles são gerados aleatoriamente e são simplesmente sequências de letras e números. A chave pessoal é outra sequência de letras e números, porém, diferente do seu endereço bitcoin, este é mantido em segredo. Pense no seu endereço bitcoin como uma caixa de depósito segura com um vidro na frente. Todos sabem o que está dentro dela, mas somente uma chave pessoal pode abri-la para tirar ou colocar coisas. Quando Alice quer enviar bitcoins para o Bob, ela usa sua chave pessoal para enviar uma mensagem com a entrada, quantidade e saída (endereço do Bob). Ela então o envia de sua carteira de Bitcoin para uma rede bitcoin mais ampla. De lá, os minerados de bitcoin verificam a transação, colocando ela em um bloco de transação e eventualmente resolvendo-o.
Por que às vezes eu tenho de esperar minha transação ser compensada?
Por sua transação ter de ser verificada por mineradores, você às vezes é forçado a esperar até que eles terminem de minerar. O protocolo Bitcoin é definido de modo que cada bloco leva certa de 10 minutos para ser minerado. Alguns comerciantes podem fazer com que você espere até o bloco ser confirmado, o que significa que você pode tomar um copo de café e voltar depois de um tempo antes de poder fazer o download dos produtos digitais ou para usufruir de um serviço pelo qual você pagou. Por outro lado, alguns comerciantes não irão lhe fazer esperar pela confirmação da transação. Eles efetivamente confiam em você, presumindo que você não tentará gastar os mesmos bitcoins em algum outro lugar antes da transação ser confirmada. Isso acontece frequentemente para transações de baixo valor, onde o risco de fraude não é tão grande.
E se as quantias de entrada e a saída não baterem?
Pelos bitcoins só existirem como registros de transações, você pode acabar com muitas transações diferentes vinculadas a um único endereço bitcoin. Talvez Jane enviou para Alice dois bitcoins, Filipe enviou para ela três bitcoins, e Eva a enviou um único bitcoin, todos como transações distintas em momentos distintos. Eles não são automaticamente combinados na carteira de Alice fazendo um único arquivo com seis bitcoins. Eles simplesmente estão lá como registros de diferentes transações.
Quando Alice quer enviar bitcoins para Bob, sua carteira vai tentar usar registros de transação com diferentes valores que somam o número de bitcoins que ela quer enviar para Bob.
Há a possibilidade de que, quando Alice quer enviar para Bob bitcoins, ela não tenha exatamente o número certo de bitcoins de outra transação. Talvez ela queira enviar 1,5 bitcoins para Bob. Nenhuma das transações que ela tem em seu endereço bitcoin é desse valor, e nenhuma delas produzem aquele montante se forem combinados. Alice não pode simplesmente dividir uma transação em menores montantes. Você pode apenas gastar todo o resultado de uma transação, mas não quebrá-la em pedaços menores. Ao invés disso, ela terá de enviar uma das transações de entrada, e então o resto dos bitcoins vão retornar para ela como troco. Alice envia dois bitcoins que ela recebeu de Jane para Bob. Jane é a entrada e Bob é a saída. Mas a quantidade é de apenas 1,5 bitcoins, porque isso é tudo o que ela quer enviar. Então, a carteira dela cria automaticamente duas saídas para sua transação: 1,5 bitcoins para Bob, e 0,5 bitcoins para um novo endereço, que foi criado para Alice esperar pelo troco de Bob.
Há alguma taxa de transação?
Às vezes, mas não sempre. Taxas de transação são calculadas baseadas em vários fatores. Algumas carteiras permitem que você defina taxas de transação manualmente. Qualquer parte de uma transação que não é captada por um receptor ou devolvida como troco é considerada como taxa. Ela vai para o minerador sortudo o suficiente para resolver este bloco de transação como uma recompensa extra.
Agora mesmo, muitos mineradores tratam de transações sem taxas. Na medida em que os blocos de recompensa para bitcoins diminuem, isso se tornará cada vez menos comum
Eu posso ter um recibo?
O Bitcoin não foi feito para ter recibos. Entretanto existem mudanças (http://www.coindesk.com/bitcoin-developer-jeff-garzik-on-altcoins-asics-and-bitcoin-usability/) que ocorrerão na versão 0.9 que vão alterar a maneira como os pagamentos ocorrem, tornado eles mais maduros e amigáveis para os usuários. Empresas que fazem processamento de pagamentos como o BitPay também fornecem recursos que você normalmente não teria em uma transação de bitcoin nativa, assim como recibos e páginas de confirmação de pagamento.
E se eu apenas quiser mandar parte de um bitcoin?
Transações em bitcoins são divisíveis. Um satoshi é um milionésimo de um bitcoin, e é possível enviar uma transação tão pequena quanto 5430 satoshis na rede bitcoin.
Fonte: http://www.coindesk.com/information/how-do-bitcoin-transactions-work/ Traduzido por: Sarah Alexandre e Brasi Bitcoin
submitted by allex2501 to BrasilBitcoin [link] [comments]

Sistema de pagamento bizarro e sombrio sendo disseminado mundialmente

São Paulo, 14 fevereiro de 2014.
Os governos mundiais anunciaram hoje um plano para permitir que cidadãos, anomimamente, transportem parte de suas riquezas consigo e realizem trocas com outros usando pequenos pedaços coloridos de papel, impressos com imagens maçônicas e nacionalistas, assim como também números que, propositalmente, representam o seu valor(isso se o papel não for falso!). Esses pedaços de papel são formalmente uma "nota" emitida do banco central de cada nação, mas eles também são chamados de "espécie" por muitos - esta é uma questão técnica que é muito complexa para cobrir neste artigo; Não obstante, essa é uma representação da complexidade e difícil forma de uso desse novo sistema.
"Notas de dinheiro" - Um sistema complexo
Esses pedaços de papeis(também conhecidos como "notas", "bufunfa", "cash", "dinheiro vivo" em sua comunidade sombria, anti-banqueira e libertariana, que têm sidos os primeiros usuários até então) vão diferir de nação para nação e não possuem liquidez fora das fronteiras de cada país.
O que será uma grande surpresa para gerações que cresceram com calculadoras e computadores, "notas de dinheiro" são emitidas com valores específicos prédeterminados, exigindo seus usuários a manter uma grande quantidade desses papéis que precisam ser somados para executar uma transação e então feitos outros cálculos para "dar um troco", um processo complexo de devolver ao pagador o excesso de pagamento usando outras notas. (Não se preocupe se isso parece difícil de entender, nós mesmos tivemos problemas em entender no início e certamente este método não está pronto para um consumidor em sua forma atual.)
José João, responsável pelo treinamento de funcionários na casas bahia, disse: "Eu mal consigo imaginar treinando dezenas de milhares de funcionários para usar "notas de dinheiro", verificar sua autenticidade e aprender a "dar troco" sem cometer erros. Isso irá requerer uma instalação em massa de máquinas de dar troco - as tão chamadas "caixas registradoras" - e milhões de reais em treinamento de funcionários, enquanto longas filas demoradas de consumidores serão criadas. Além disso, teríamos que adotar procedimentos de segurança e guardas armados para evitar o roubo dessas notas físicas enquanto estiverem guardadas conosco ou durante o transporte até o banco. Não conseguimos enxergar a adoção dessas notas em nossas lojas nessas condições".
Perfeita para criminosos
O lançamento de "notas de dinheiro" provocou uma reação mundial imediata de agências reguladoras, que, unânimemente, condenaram seu desenvolvimento.
"Dinheiro é 100% anônimi e é uma tecnologia de pagamento irrastreável. É como uma arma de destruição em massa lançada contra as leis,", disse João José, um delegado da polícia federal. "É um mecanismo de pagamento perfeito para criminosos, cartéis de drogas, terroristas, círculos de prostituição e lavadores de dinheiro. Nós não sabemos como será possível combater tal tecnologia e temos a plena expectativa de que uma nova geração de super-criminosos apareça, trabalhando nas sombras de mundo em que eles podem conduzir suas atividades ilícitas sem deixar qualquer tipo de rastro."
O superintendente de um banco, João José, tinha o seguinte a dizer: "Eu não consigo pensar em qualquer razão para que um cidadão correto queira usar dinheiro. De forma básica, acreditamos que deva haver um procedimento de licenciamento para pessoas e empresas que planejem usar dinheiro, algo como uma "licença-dinheiro". Esta licença irá limitar "dinheiro" para pessoas confiáveis que mantém registros detalhados e auditáveis de suas transações em dinheiro, para que possamos manter o estado de são paulo longe de criminosos."
Outros possuem preocupações em relação a notas forjadas. "No fim das contas, mesmo com impressoras modernas, dinheiro é apenas um pedaço de papel. Nós tememos que grupos criminosos e nações inescrupulosas imprimam dinheiro falso para que possam lucrar ou mesmo prejudicar as economias de seus inimigos," disse João José, um analista de mercado. "Neste interim, estamos certos de que dinheiro vai operar com valores em desconto no mundo real, dado o risco que uma parte tem de aceitar um dinheiro falso; sem dúvida dinheiro é um grande retrocesso no atual sistema financeiro baseado em criptografia."
Sem proteção ao consumidor
Embora difícil de imaginar, dinheiro funciona sem absoluta proteção ao consumidor. Se suas "notas" forem roubadas ou perdidas, elas assim estarão para sempre.
"Eu simplesmente não entendo porque não existe ninguém que eu possa ligar para reembolsar meu dinheiro se eu o perder," disse José João, um empresário do Rio de Janeiro. "Que tipo idiota de sistema de valores e pagamento não mantém registros de transação e propriedade?"
Ainda mais, parece não haver mecanismos de autenticação associado com pagamentos ou transferências em dinheiro, muito menos que acompanhe os modernos padrões de segurança. Uma vez que alguém obtém o controle de suas "notas", está livre para gastar ou usar como quiser, e não há como reverter, suspender ou mesmo identificar a transação ou quem as roubou.
Mesmo a destruição de notas, que, como você deve lembrar, são apenas pedaços de papel, poderia resultar em perdas. De acordo com o diretor da recentemente criada "Casa da Moeda", notas danificadas em mais de 51% devem ser enviadas para uma investigação especial que irá determinar se elas poderão ser, ou não, reembolsadas.
Falhas de segurança descoberta em "Carteiras físicas"
Propositores do dinheiro desmentiram estas preocupações dizendo que diversos fabricantes de carteiras, como "Coach", "Gucci" vão anunciar em breve "carteiras físicas" em couro e camurça. Estas carteiras são feitas para guardar as notas, de forma que caibam em uma bolsa ou um bolso de roupa.
"Uma vez que suas notas estão seguramente escondidas em sua carteira Gucci, e guardada em seu bolso de calça[o bolso da frente é recomendado como 'boa prática' de segurança], é quase impossível que elas sejam roubadas, perdidas ou destruídas", disse José João, responsável pela comunicação da Gucci LTDA.
Mas algumas pessoas que adotaram o dinheiro em seu início reportaram que essas carteiras físicas possuem falhas de segurança. "Eu estava em um bar em Belo Horizonte duas semanas atrás e esqueci minha carteira Gucci lá", disse José João, um turista. "Quando retornei na manhã seguinte, minha carteira estava lá mas meu dinheiro tinha ido embora!". Nós entramos em contato com a Gucci a respeito desta tentativa de hacking, mas preferiram não comentar "sobre matérias de cunho confidencial de consumidores."
Até mesmo criminosos não estão imunes aos riscos do dinheiro. O notório lugar "MercadoLivre" de drogas, onde vendedores e consumidores deixam envelopes de dinheiro (nos quais eles claramente escrevem seus nomes) na caixa de correio do lugar que gerenciava as transações, misteriosamente fechou na semana passada, citando 'roubo do dinheiro devido a um bug no processo de selamento dos envelopes'. Enquanto especialistas técnicos acreditam que seja possível que a cola no envelope não estivesse corretamente aplicada, eles também alertaram que uma "nota" é basicamente uma chave pública e privada ao mesmo tempo, e assinalaram que pode haver risco em deixar criminosos anônimos manter a chave privada de seus valores.
Requer presença física
No que parece ser a limitação mais estranha do dinheiro, ele só funciona para pagamentos entre 90 centímetros ou menos, e deve ser manuseado de um humano para outro para executar a transação.
Esse requisito é amplamente discutido como vulnerabilidade fatal para tradicionalistas.
José João, gerente de uma agência do Bradesco, disse: "Uma forma de pagamento que não pode ser usada a distância, não pode ser usada para e-commerce, não pode ser usada em dispositivos móveis, não pode ser usada em transações baseadas em computdores, não pode ser programada, não pode ser pensada como um sistema de pagamento. Eu admito, como forma de expressão de arte, transações em dinheiro é um experimento divertido, mas não tem aplicação no mundo real de banco, finanças ou comércio.
Ainda mais, dada a associação de dinheiro com atividades criminais, nós estamos recusando ofertar serviços bancários e fechando contas de clientes que usam 'dinheiro', seja pessoa física ou jurídica. É a única forma que temos de assegurar que estamos seguindo nossas obrigações legais e regulatórias."
Reconhecidamente, se você tentar usar dinheiro em um país diferente do que foi emitido, ele será categoricamente recusado. Para que isso seja possível, você terá que ir em pontos pré-determinados, normalmente em aeroportos ou certos bancos, com horário de abertura limitado, que irá "trocar" suas notas pelas notas do país que você está visitando. Essas transações possuem altas taxas - normalmente 2-3% - para cada transação, significando que cada turista irá perder 5% ou mais de seu dinheiro em uma viagem típica apenas em custos de "troca', o que parece ser extraordinariamente alto para isso. Um cálculo complicado de multiplicação ou divisão.
Um passo para trás para economia
Economistas estão boquiabertos com legisladores que estão apoiando a adoção do dinheiro, apesar de suas fortes objeções. Uma ferramenta de política chave de Bancos Centrais tem sido o uso de taxas de juros positivas e negativas para gerenciar o crescimento econômico. Parece que isso não será possível com o dinheiro.
José João, um renomado jornalista para Folha de São Paulo, disse: "Este é um dia triste para a macro-economia. Se o dinheiro decolar de qualquer forma, ele reduzirá nosso controle sobre as alavancas da economia significativamente, fornecendo um mecanismo para depositantes a optar por sair de taxas de juros negativas. Dado o fato de que ele pode nos impedir de prevenir a próxima depressão e vai certamente reduzir a arrecadação de impostos, pode-se até considerá-lo diabólico."
Meio ambiente e impactos na saúde
Os ambientalistas expressaram preocupações sobre o impacto do dinheiro sobre o meio ambiente. "Você imagina que, em 2014, teríamos nos livrado de pesticidas e irrigação intensiva de algodão [leia-se: corte de árvores]. Agora teremos que tratar o algodão com tintas perigosas e transportá-lo com combustíveis fósseis, apenas para representar um valor como "20", que poderia ser representado eletronicamente sem, efetivamente, nenhum custo. Quando vamos aprender? ", Disse José João, recentemente nomeado diretor executivo do Clube Sierra.
Autoridades de saúde pública também advertiram que o dinheiro poderia ser um excelente vetor de transmissão de doenças. "Testamos várias 'notas' em nossos laboratórios recentemente e descobrimos que, em média, tem 20 vezes mais bactérias do que um assento sanitário", disse José João, vice-presidente de Pesquisa do hospital Albert Einstein. "Nosso conselho é que as pessoas devem evitar o dinheiro, em geral, e só lidar com isso se for absolutamente necessário. As crianças, os idosos e imunocomprometidos não devem manusear dinheiro em qualquer circunstância."
O que vem em seguida?
Os defensores do 'dinheiro' acham que ele acabará por ser uma tecnologia amplamente adotada que vai se espalhar por todo o mundo, permitindo que transações pessoais de médio porte (não micro-pagamentos, mas não mega-pagamentos também) de uma forma que é invulnerável a interrupções elétricas ou de internet e que dará início a uma nova era de comércio mais "humano".

Nós tentamos manter uma mente aberta nesta publicação para novas tecnologias, mas, até à data, temos dificuldade em ver o dinheiro de forma positiva. Certamente grupos criminosos vão aproveitar o anonimato perfeito do dinheiro para causar estragos na aplicação da lei e arrecadação de impostos, algo que é profundamente indesejável. Entre os cidadãos cumpridores da lei, podemos imaginar uma possível adoção em comunidades modernas densas, como Moema, onde 'carteiras', 'dinheiro' e 'dar troco' poderia ser mais um reflexo do seu ponto de vista de sistemas sociais modernos.
Fora isso, seria difícil recomendar que o consumidor ou comerciante médio torne-se envolvido no que é ainda hoje um sistema muito bugado, cheio de riscos, inconveniente, com altos custos de transação, além de ser possível transmissão de doenças. Mesmo se tratado perfeitamente, o dinheiro certamente irá manchar o seu negócio e vida pessoal com a reputação decadente dos traficantes de drogas, terroristas, lavadores de dinheiro e anarquistas que o usam hoje, ameaçando negócios e relacionamentos bancários e levantando as sobrancelhas de agências reguladoras sob sua comunidade.
Traduzido de http://ledracapital.com/blog/2014/2/17/bitcoin-series-19-bizarre-shadowy-paper-based-payment-system-being-rolled-out-worldwide
submitted by Filipehdbr to BrasilBitcoin [link] [comments]

Hora de dar fim nos cartórios. Ronaldo Lemos Folha

É inacreditável ainda existir cartórios no Brasil. Mais inacreditável é que o Congresso esteja prestes a aprovar uma emenda constitucional para beneficiar pessoalmente 4.965 "donos" de cartório que não fizeram sequer concurso público, concedendo a eles o direito vitalício de continuar ganhando muito dinheiro às custas dos demais 204 milhões de brasileiros. Mudar a Constituição para beneficiar um punhado de gente é feito histórico e trágico.
Nos Eua, qualquer pessoa pode virar "dono" de cartório (chamados de "notários"). É tão fácil quanto tirar carteira de motorista. Em geral, basta fazer um curso de capacitação e pagar 50 dólares (R$175) para fazer uma prova. Se passar, o candidato torna-se um notário. Recebe um selo público de autenticação e um livro de registros. O notário deve obedecer fielmente à lei. Se usar seu selo ou livro de modo fraudulento, perde a certificação e vai para a cadeia.
O resultado desse sistema é que há notários em toda parte. Já vi alunos de universidades americanas precisando "reconhecer firma" para um projeto. Em vez irem a um cartório, bastou escrever para os colegas perguntando quem era notário. Três colegas da mesma classe responderam de pronto. As firmas foram "reconhecidas" ali mesmo, por alguns centavos cada uma.
Além de mudar o modo de nomeação dos cartórios, é preciso fazer com abracem a tecnologia. Todos os registros públicos já deveriam estar 100% digitalizados e abertos na internet. A informação guardada pelos cartórios é pública e deve poder ser consultada de graça por qualquer pessoa na rede. Quem precisar pagar por uma "certidão", que pague. Mas a consulta aos registros cartoriais (seja de títulos, documentos ou imóveis) deve ser gratuita e aberta online. Pagar para consultar registros que já são públicos é uma excrescência.
Nos EUA, a publicação na internet de todos os registros de venda de imóveis revolucionou o mercado imobiliário. Permitiu o surgimento de sites como Trulia.com e Zillow.com, onde é possível saber o preço de transação de todos os imóveis do país, além de verificar seu histórico de compras, vendas e até locação. A competitividade e liquidez que isso gerou no mercado são imensas.
Dá para ir ainda além. Há países incorporando a tecnologia chamada "blockchain", derivada da plataforma Bitcoin, para revolucionar os registros públicos. O "blockchain" é uma espécie de registro público descentralizado baseado na internet. Diferente dos registros em papel, ele é impossível de ser fraudado. Na América Latina, Honduras é o primeiro país a seguir nessa linha. Está migrando seus cartórios de imóveis para a internet, tornando-os 100% virtuais por meio do blockchain (que é um protocolo aberto, ou seja, não tem nenhum dono privado).
As condições sociais e tecnológicas de hoje não admitem mais o modo como os cartórios são organizados no Brasil. Em atenção ao princípio constitucional da igualdade, é preciso dar fim à nobreza cartorial.
Fonte Folha
submitted by brasilbitcoin to BrasilBitcoin [link] [comments]

CARTA DE RICK FALKVINGE SOBRE O HARD FORK DO BITCOIN E RUMOS

CARTA DE RICK FALKVINGE NA SUBREDDIT /BTC SOBRE O HARD FORK DO BITCOIN E RUMOS Traduzido por Criptonauta – https://reddit.com/useCriptonauta
Alguns conselhos para o Classic e apoiadores
Então parece que o hard fork está acontecendo. Muitas pessoas têm lutado duro e por bastante tempo para aumentar o limite do blocksize, usando maneiras variadas, e parece estar finalmente acontecendo.
O Core não aproveitou a última oportunidade disponível para incluir um aumento do limite do blocksize no 0.12, mas anunciou um candidato a lançamento sem essa característica. Então é isso, é quando o fork acontece ou não acontece. Nesse momento, baseado no apoio anunciado, o fork parece estar seguindo adiante. Muitas pessoas que apoiam o Classic estão sentindo um grande alívio, mesmo se pessoas saibam que esse esforço não está feito até que o gatilho do blocksize tenha sido ativado na rede. Está longe disso nesse momento – nem mesmo há um código lançado. Mas tudo parece estar indo na direção certa.
É importante refletir sobre como isso é mais do que uma discussão sobre funcionalidades. Essa é uma eleição do que as pessoas decidem vem a decidir as funcionalidades direção, qualidade e visão seguem adiante. E como Satoshi declarou, há apenas uma coisa que determina o resultado da eleição: qual código está produzindo a corrente mais longa. É assim que a democracia do bitcoin funciona, bem assim.
Essa não é uma seleção de funcionalidades. É muito maior do que isso. É uma eleição de governança e administração para o futuro.
Como na maioria das eleições, sempre há muita animosidade – em ambas as direções. Assim, calcanhares bateram firme, valas se tornaram trincheiras e preferências se tornaram prestígio, as pessoas estão começando a chamar umas às outras e a acusar o outro lado por não trabalhar no que é melhor para o bitcoin, e ativamente citando nomes específicos em contextos negativos.
Quando aqueles no poder fazer isso a você, você está sentindo tudo no livro entre ressentimento, menosprezo e ultraje. É fácil fazer a mesma coisa de volta. Há até mesmo sugestões de que o Core está deliberadamente sabotando o bitcoin em benefício de... uma seleção de atores.
Isso cria uma cultura tóxica levando ao ponto da eleição, onde as pessoas estão com medo de tomar atitudes positivas ao bitcoin em antecipação de toda a atenção negativa que se segue – pois em tal ambiente, praticamente toda a atenção será negativa.
Isso não ajuda aquelas pessoas incumbentes de posições de poder tenderem a “fazer aquilo que elas devem, porque elas podem” de forma a preservarem o status quo, não importa o quão pequena ou insignificante aquela incumbência seja – isso inclui tudo desde o apagamento de discussões pelo Theymos, via tolos ataques DDoS a nodos XT, à venenosa requisição de pull ao Classic, sobre matar todo o investimento em hardware de mineração. Ações como essas não são totalmente desculpáveis, mas eles ainda são humanos: pessoas tendem a cometer o erro muito humano de deixarem os fins justificarem os meios, com os fins sendo aquilo que acreditam ser o melhor para a rede bitcoin.
É claro, outras pessoas discordam do que é melhor para a rede bitcoin, e a toxidade segue até que o conflito seja resolvido. E além. A toxidade irá permanecer até que ativamente removida pela liderança.
É a responsabilidade do vencedor em qualquer racha terminar a tóxica cultura de animosidade de hostilidades e adversarialismo pessoal. Eu não posso reforçar isso o suficiente.
A história é cheia de exemplos onde os vencedores se recusaram a viver junto com os perdedores e reconstruírem juntos o mundo uma vez que o conflito foi resolvido. Isso nunca termina bem. Por outro lado, onde o oposto é verdade – o fim da segregação da África do Sul por Mandela como presidente me vem à mente como um bom exemplo de liderança aqui – pessoas aprendem a deixar a animosidade para trás.
Existe um thread muito upvoted sobre manter a moral alta no /btc, o que me faz feliz. Contudo, um esforço como o que estou descrevendo vai além de não se comportar mal. O lado vencedor deve ativamente assumir a responsabilidade pela reconciliação.
Muitas pessoas que submeteram código para o Core (e anteriormente) são coders habilidosos, e no final, trabalhando por suas visões. Essa visão não tem que ser incompatível com a visão do Classic, de forma alguma – pode ser apenas uma questão de prioridades de funcionalidades levemente diferente, com pessoas pretendendo colocar tudo lá, de qualquer modo.
Isso assume, é claro, que o hard fork ocorra. Nós ainda não estamos lá. Não tenha o sucesso como garantido; muitos projetos falharam por terem o sucesso como garantido.
(Eu também gostaria de saudar Jonathan Toomim por não participar do racha, e ao invés disso se focar em solucionar o problema para a aceitação da maioria das pessoas. MVP reais aqui.)
Alguns conselhos para o Core e apoiadores
É fácil sentir ressentimento nesse estágio, ter feito tanto trabalho duro e escrito tanto código de alta qualidade e ainda receber uma tempestade de merda por isso. Quando eu estava liderando o Partido Pirata Sueco no Parlamento Europeu, fui gradualmente me acostumando em receber uma barragem de granadas de críticas por tudo que eu fazia e pelo que não fazia, todos os dias, começando com quando eu havia ou não me levantado da cama pela manhã.
É muito difícil explicar o que isso faz à sua psique para alguém que não tenha passado por isso. Imagine que todo mundo está lá fora para pegar você, todos os dias, e lhe dando um esporro alto, o culpando por tudo, desde a laranja ser redonda até a má interpretação por um Mongol sobre o que você disse três anos atrás.
Não estou exagerando quando eu digo que as pessoas provavelmente poderiam piscar os olhos e irem usar camisas de força por muito menos.
Mas o ponto crucial quando se está numa posição de liderança é que, receber críticas por absolutamente tudo, é manter sua habilidade para classificar as críticas mais relevantes das dos motoristas no banco de trás, que fazem a vida de reclamar mas não contribuir. Você também tem que confiar em sua bússola interna da visão que você quer alcançar.
Do que eu posso dizer, o Core cometeu o erro comum, mas crucial, de se isolar da comunidade e assumir a posição de expert quando todo mundo mais está confiando nessa bússola interna sobre críticas externas, onde o Core está de alguma forma certo por definição – o desenvolvimento ocorre da forma quiser, ponto. Isso é muito perigoso para qualquer projeto open source / software livre. Outras pessoas são tão inteligentes quanto e podem ter experiência e habilidade consideráveis para avaliar as alegações feitas, e elas deveriam, não, devem ser seriamente levadas em consideração.
Para ilustrar apenas um ponto, vamos dar uma olhada aqui na solução de escala do Core, Segregated Witness.
Quando aplico minha experiência não-trivial em programação e design de sistemas – eu comecei a programar 37 anos atrás – eu vejo essas duas opções para escalar o bitcoin em curto prazo:
OPÇÃO UM – Mudar o limite do blocksize, aumentando para dois megabytes. Uma linha de código para a constante, aproximadamente dez LOCs para ativação do trigger lógico. Requer o upgrade de uma maioria de softwares de servidores.
OPÇÃO DOIS – Introduzir Segwit. Aproximadamente 500 linhas de código novo, dos quais pelo menos 100 no código hipersensível de consenso. Requer o upgrade da maioria dos softwares de servidores e todos os clientes/softwares de wallet e hardware de cliente/carteira, especialmente aqueles que precisam pagar dinheiro por um endereço arbitrário (como o Segwit apresenta um novo tipo de endereço que tanto o remetente quanto o destinatário devem lidar).
Quando os proponentes da escalabilidade do Core me dizem que a Opção Dois aqui é melhor porque é mais segura e tentam me fazer compreender essa afirmação, ou eu sou completamente insano ou a declaração é equivalente a “preto é branco e em cima é em baixo”. Não é somente contra toda a experiência em gerenciamento de risco em engenharia de software, é algo que vai tão longe que não reflete mais a luz do sol.
Quando eu tento entender mais e desafio a asserção de que a Opção Dois é mais segura – sobre o que devo dizer que são fundamentos muito bons – me é dito que eu deveria deixar o design para os experts e que eu não entendo o suficiente da complexa máquina que é o bitcoin. Eu sei, eu sou capaz de aprender complexidades, mas eu sou firmemente dito para nem tentar.
Essa não é a forma como teve sucesso em manter a comunidade. Isso não é como você quer fazer com que as pessoas usem seu código.
É claro, as pessoas são livres para rodarem quaisquer códigos que gostem. Mas as verificadas e balanços em uma comunidade de código aberto é simples: se a liderança por um projeto constrói algo diferente do que as pessoas querem rodar, elas irão rodar alguma outra coisa. É, portanto, do interesse da liderança escutar que software a maioria da comunidade quer usar. Esses interesses que competem fornecem as verificações e balanços.
Agora, eu entendo as complexidades de uma transferência de bloco vezes através do firewall chinês e que testes preliminares indicam que um full node típico está saturado com um bloco de 32 megabytes. Todavia, nenhum desses limites será alcançado por esse escalamento em particular. Também, quando indo por uma senda como essa, você trabalha em um problema por vez, resolve um gargalo por vez. As pessoas vêm sinalizando pela necessidade de aumentar o blocksize por... eu não tenho as datas aqui em mãos, mas deve ser por boa parte do ano, se não mais. Mais adiante no caminho, escalar a capacidade dos nodes pode ser feito de uma série de formas, desde GPUzar ECDSA para hardware especializado, mas isso não é o gargalo iminente.
Quando tal enorme quantidade de dados cruciais (na necessidade de aumentar o limite do blocksize) é ignorado, isso é feito sob o perigo do projeto.
As pessoas na comunidade bitcoin são geeks inteligentes, capazes de inalar quantidades absurdas de informação e cruzar referências entre todas elas. Se você é incapaz de explicar por que sua solução é melhor do que outra proposta, as pessoas ficarão extremamente insatisfeitas com a resposta “porque somos experts” – pois você deve assumir que outras pessoas na comunidade, em caso geral, são pelo menos tão inteligentes ou mais do que você é. É até mesmo possível que se você não puder explicar sua solução para uma mente aberta e inteligente, ela não seja uma boa solução.
Finalmente, algumas reflexões pessoais Infelizmente, eu acredito que o desenvolvimento do bitcoin perdeu o tato com necessidades de larga-escala durante o ano passado. No momento, há três casos de uso que todas as novas funcionalidades deveriam buscar melhorar:
Transferência de Remessa (Remittance): O ato de enviar dinheiro entre indivíduos em países diferentes.
Substituição de cartões de crédito: das perspectivas de tanto o pagador quanto do comerciante (dois casos de uso diferentes). Isso significa que um pagamento deve ser instantâneo, fácil, e muito mais barato do que uma operação via cartão de crédito. Esses três casos de uso diferentes devem ser frontal esquerda, direita e centro quando fazendo qualquer design na rede blockchain, até onde sei. Eles também reforçam a cada um quando fundos recebidos por remittance não tem que ser convertido em fiat para ser usado na compra de algo.
Se não houver lucro a ser feito no uso do bitcoin como substituto de pagamentos via cartão de crédito, bitcoin não será usado em escala. Desdobramento e ultrapassar sistemas legacy dependem inteiramente de ganhos financeiros na comercialização. A história começa e termina com essa observação.
É por isso que estou preocupado quando olho as características do 0.12. Não vejo nenhuma funcionalidade tendo como alvo algum desses três casos de uso. Fato é, eu vejo pelo menos uma funcionalidade degradando severamente a capacidade de substituir os cartões de crédito – RBF – e a falta de escalabilidade colocando em risco severamente, para não dizer removendo definitivamente, a lucratividade em substituir os cartões de crédito.
O que eu vejo, ao invés disso, é a engenharia pela engenharia. A pergunta de “quem é o cliente?” parece ter se perdido no processo. Enquanto é discutível que não haja clientes em um projeto open-source, de qualquer forma há uma importância em compreender onde os pinos da bola de boliche estão para uma tecnologia disruptiva como essa – e certamente não é no tempo de inicialização de um novo node. Eu argumentaria que, ao invés disso, os pinos da bola de boliche são os três casos de uso que listei acima, e adoraria ver um foco mais forte em casos de uso tangíveis indo em frente mesmo se as pessoas discordarem com minhas escolhas de casos.
Para o alto e avante. O bitcoin irá se recuperar e continuar.
Vamos todos aprender com essa experiência.
submitted by criptonauta to oBitcoin [link] [comments]

I BitConf | Primeira Bitcoin Conferência em Florianopolis

No dia 8 de março, sábado, Florianópolis sediará a primeira BitConf – Bitcoin Conference – organizada pela comunidade Bitcoin Brasil no Facebook, sites Koins.me e** Nerdices.com.br** e com o apoio de outros sites e fan pages, como Brasil Bitcoin e Bitcoin News.
Na edição deste ano da Campus Party, maior evento de tecnologia do Brasil e que acontece anualmente em São Paulo, foram realizados dois debates sobre Bitcoin, com a presença dos CEOs do Mercado Bitcoin e Bitcoin To You, Rodrigo Batista e Andre Horta, do empreendedor e CEO da Boo-Box, Marco Gomes e da analista de mercado Maila Manzur, mediados pelo administrador da comunidade Bitcoin Brasil, Wladimir Crippa.
Estes debates deixaram claro que há muitas pessoas e empresas interessadas em saber mais sobre o Bitcoin e como usar a moeda no dia-a-dia. Por isso, surgiu esta iniciativa de realizar a I BitConf. A conferência contará com a presença de especialistas em moedas digitais, economistas, entusiastas, empreendedores, proprietários de exchanges.
O Bitcoin é uma moeda digital, não é vinculada a nenhum banco, empresa ou governo. A própria rede de usuários mantém o sistema funcionando e gera novas moedas, em um processo chamado de "mineração".
O evento é voltado para todos os públicos, desde o iniciante que não tem ideia do que é o Bitcoin até usuários experientes e que acompanham a moeda desde seu surgimento, há 5 anos.
Quem participar da BitConf poderá também ver em funcionamento um caixa eletrônica que opera com Bitcoin (foto anexa). Nele, o usuário insere notas de reais e ele, instantaneamente, calcula o valor do Bitcoin e deposita na carteira virtual do cliente. A BitConf ocorrerá no hotel Castelmar, situado em privilegiada região da capital catarinense, com uma maravilhosa vista para o oceano e a ponte Hercílio Luz. As inscrições podem ser feitas no site www.koins.me/bitconf
No valor da inscrição – R$ 180,00 ou 0,1 Bitcoin – já está incluso coffe break, almoço e jantar.
Programação da I BitConf – Bitcoin Conference Brasil
A BitConf contará com a presença de palestrantes de São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Confira:
9h – abertura
9:30h – mesa: o que é o Bitcoin?
Debatedores
12h – intervalo para o almoço
14h – mesa: situação atual do Bitcoin no Brasil e no mundo
debatedores
16h – coffe break
16:30 – mesa: aspectos legais e fiscais do Bitcoin
debatedores
19h – jantar
20h – mesa: oportunidade de negócios com Bitcoin
debatedores
22:30h – encerramento
Debatedores
Andre Horta (Belo Horizonte): CEO da startup BitcoinToYou, criou em julho/2013 a plataforma para compra e venda de Bitcoins no Brasil (www.bitcointoyou.com), atualmente com mais 3000 clientes cadastrados, negociando acima de 1 milhão de reais ao mês em Bitcoin. Gerenciou projetos para multinacionais como: Fiat, Ford, Usiminas, Gerdau, Vale, Banco Bonsucesso e IbiCred dentre outra. Apaixonado por tecnologia!
Fernando Ulrich (Porto Alegre): É mestre em Economia da Escola Austríaca, com experiência mundial na indústria de elevadores e nos mercados financeiro e imobiliário brasileiros. É conselheiro do Instituto Mises Brasil, estudioso de teoria monetária, entusiasta de moedas digitais, e mantém um blog no portal InfoMoney chamado “Moeda na era digital”.
Paulo Geyer (Florianópolis): Programador autônomo, ativista de software livre e cypherpunk. Participa de projetos como o Catarse, Mailpile, Bitcoin e cjdns. Membro do Tarrafa Hacker Clube, e fundador do Wifinópolis (Rede Mesh municipal em Florianópolis). É também membro vitalício da Bitcoin Foundation.
Leandro Markus (Rio de Janeiro): Consultor tributário e empreendedor contábil com experiência nos seguintes players: Walmart, Lojas Americanas, Neoenergia, Petrobras, Águas do Brasil entre outras. Apaixonado por startups e tecnologia.
Gabriel Rhama (São Paulo):Gabriel Rhama é Motion Designer, graduado pela Escola Panamericana de Arte e Design, Professor de Direção de Arte na Studio Motion e colorista na Capsule Color. Um dos responsáveis pela criação da p2poolbrasil.org, a primeira p2pool brasileira com suporte a mais de 6 altcoins. Passa seu tempo pesquisando sobre criptomoedas e tudo o que envolve o universo Bitcoin! E fazendo o que mais gosta que é a sua paixão pelo design!
Rodrigo Batista (São Paulo): CEO do MercadoBitcoin.com.br, a maior empresa de Bitcoins da América Latina. É formado em computação pelo IFSP, Administração de Empresas pela USP e é pós graduando em Engenharia Financeira pela USP. Antes de empreender trabalhou em instituições financeiras como Morgan Stanley, Itaú BBA e Socopa corretora.
Jaison Carvalho (Joinville): Nerd Invicto (jamais foi para o Lado Negro da força), Bacharel em sistemas de informação e trabalha com tecnologia a 15 anos. Fundou uma empresa onde desenvolveu uma solução de software especialista para indústrias, vendeu a mesma e ficou rico. Agora é um entusiasta das criptomoedas e organizou o primeiro encontro de Bitcoins em Joinville. Nas horas vagas é um marido perfeito, pai babão e presta consultoria em ERP.
Marco Gomes (São Paulo): fundador da Boo-Box; co-fundador do MOVA+;Consiglieri do Grupo Jovem Nerd; ganhador ano passado do World Technology Awards como melhor profissional de marketing do mundo.
Tony Fontoura (EUA): Ph.D. Programador, empresário, visionário. Mora nos Estados Unidos desde 1998. Fundou o maior portal brasileiro no exterior, TioSam.com em 1999. Em 2006 fundou a TV Brasil Internacional, a primeira emissora brasileira no exterior. Criador e idealizador do HashDollar, a primeira cryptomoeda com cotação estável.
Bernardo Quintão: fundador da Grow | Investimentos, boutique financeira independente com 7 anos de mercado em Curitiba. É entusiasta das criptomoedas e fundador do BitWifi, uma startup que utiliza o protocolo Bitcoin em seu modelo de negócio. Além de ser investidor e mentor de startups, um dos fundadores da Rede C2i de Investidores-Anjo do Paraná e fundador do Bitcoin Meetup Curitiba.
Wladimir Crippa - organização - [email protected] - 48 8826 2192
submitted by allex2501 to BrasilBitcoin [link] [comments]

Como fazer uma Paper Wallet para Bitcoin

Como fazer uma Paper Wallet para Bitcoin
Uma das opções mais populares para manter seus bitcoins seguros é algo chamado de Paper Wallet (algo como: carteira de papel). Aqui vamos explicar como transformar todas aquelas moedas digitais em uma nota física usando apenas uma impressora.
Saiba que neste guia falaremos sobre bitcoin. No entanto, os conceitos básicos se aplicam a qualquer outra cryptomoeda; como por exemplo, o litecoin.
O que é uma Wallet(carteira) e por que eu preciso de uma?
Uma bitcoin wallet consiste em duas "chaves". Você provavelmente já está familiarizado com a chave pública, que é o endereço de sua carteira e é a forma como as outras pessoas enviam bitcoins para você.
A outra parte da sua carteira bitcoin é a chave privada. É isso que lhe permite enviar bitcoins para outras pessoas.
A combinação da chave pública do destinatário e sua chave privada é o que faz uma transação em cryptomoeda possível.
É importante compreender que, se alguém obtém a chave privada de sua carteira, podem retirar os seus fundos – e é por isso que é absolutamente essencial que ninguém a descubra.
Então, se você mantém suas moedas em uma carteira virtual qualquer, ou em um software carteira em seu hard-drive, você está vulnerável a ataques de hackers ou malwares que podem registrar o que você digita.
Além disso, um computador roubado ou uma falha do disco rígido também pode fazê-lo dar adeus para o seu tesouro digital.
Usada com cuidado, uma Paper Wallet pode protegê-lo contra essas possibilidades.
O que é uma Paper Wallet?
É um documento que contém cópias das chaves públicas e privadas que compõem a sua carteira. Muitas vezes, ele vai ter os códigos QR, de modo que você pode rapidamente digitalizá-los e adicionar as chaves em uma carteira de software para fazer uma transação.
O benefício de uma Paper Wallet é que as chaves não são armazenadas digitalmente em qualquer lugar, e não estão, portanto, sujeitas a ataques cibernéticos ou falhas de hardware.
A desvantagem de uma Paper Wallet é que papel e a tinta podem degradar, e papel é relativamente frágil - e definitivamente vale a pena manter bem longe do fogo e da água, por razões óbvias.
Além disso, se você perder uma Paper Wallet, você nunca será capaz de acessar os bitcoins enviados para seu endereço.
Criando uma Paper Wallet
Aqui estão 10 passos necessários para criar uma Paper Wallet:
  1. Para gerar um novo endereço bitcoin, abra o BitAddress.org no seu navegador (ou LiteAddress.org para litecoin ).
  2. O BitAddress (mas não LiteAddress) vai pedir para você criar alguma aleatoriedade, digitando aleatoriamente caracteres no formulário ou movendo o cursor ao redor.
  3. Você verá chaves públicas e privadas e seus respectivos códigos QR. Não verifique-os.
  4. Clique na guia 'paper wallet '.
  5. Selecione o número de endereços a gerar.
  6. Se você não deseja manter a arte, clique no botão 'Hide art'.
  7. Clique no botão "Gerar" para criar novas carteiras.
  8. Uma vez que as carteiras são geradas, clique no botão "Imprimir" para fazer uma cópia na impressa.
  9. Seu navegador irá pedir para selecionar a impressora que deseja usar. No caso do Google Chrome, você também pode salvar a página como um arquivo PDF.
  10. Anote os endereços públicos, ou escaneie o código QR do endereço público no seu aplicativo bitcoin (ou litecoin) e comece a depositar fundos.
Para os usuários do site da Blockchain.info, há também uma opção de Paper Wallet [https://blockchain.info/wallet/paper-tutorial]. Clique na opção "Import/Export", e procure o link 'Paper Wallet' no menu do lado esquerdo .
Uma opção muito mais sofisticada para a sua Paper Wallet pode ser encontrada em Bitcoinpaperwallet.com.
Este site oferece um design à prova de violações de uma Paper Wallet. Também é possível solicitar etiquetas holográficas para provar que a carteira não foi adulterada. Ele também fornece um CD de instalação do Ubuntu com o software de Paper Wallet pré-instalado.
Preocupações com a segurança
As implicações e riscos ao armazenar grandes quantidades de dinheiro, podem fazer você querer tomar precauções sérias de como proceder para criar a sua Paper Wallet e depois guardá-las.
  1. Não deixe ninguém ver você criar a sua carteira.
  2. Ambos, BitAddress e LiteAddress, dão suporte a chaves privadas através do algoritmo BIP38 . Isto fornece autenticação de dois fatores para a sua Paper Wallet; ou seja: algo que você tem (Paper Wallet), e algo que você sabe (a senha). Além disso, observe que você terá que usar o mesmo site no futuro para descriptografar a chave privada.
  3. Para afastar o risco de qualquer tipo de spyware monitorando sua atividade, você deve usar um sistema operacional limpo. Uma boa maneira de conseguir isso seria a criação de uma unidade flash USB ou DVD com uma distribuição Linux "LiveCD ", como o Ubuntu.
  4. Além disso, uma vez que uma Paper Wallet, foi criada através de um site, é possível ao código do Website funcionar offline. Portanto, ao criar as chaves públicas e privadas, deixe o seu computador offline antes de gerar as chaves.
  5. Por questões de segurança, imprima a sua Paper Wallet a partir de uma impressora que não esteja conectada a uma rede.
Dicas para manter sua Paper Wallet
Exportação de chaves privadas de carteiras altcoin (moedas alternativas)
Se você quiser criar uma Paper Wallet para uma moeda menos utilizada que não possui um site gerador de endereço, ainda há uma maneira de conseguir isso.
O que cada moeda alt possui é uma variação da aplicação de carteira Bitcoin - Qt.
Então você agora tem as chaves públicas e privadas da carteira. Você pode imprimi-las como estão, ou você pode optar por gerar códigos QR para imprimir.
No entanto, os detalhes da carteira continuarão a existir no seu computador. A única maneira de removê-los é para abrir o seu gerenciador de arquivos no 'C: \ Users \ [ YourUsername ] \ AppData \ Roaming \ [ Wallet App Name] \' pasta e apagar o arquivo 'wallet.dat'.
NOTA: isto irá remover todos os endereços mantidos na carteira de software, e você deve se certificar de que não existem fundos restantes nos outros endereços que serão excluídos.
Agora você é o orgulhoso proprietário de uma Paper Wallet não hackeável para suas moedas digitais. Se, no entanto, uma Paper Wallet não é para você, você pode usar sua própria mente com uma Brain Wallet (carteira de cérebro[http://www.coindesk.com/how-to-create-a-brain-wallet/]).
Tradução: Sarah Alexandre
submitted by allex2501 to BrasilBitcoin [link] [comments]

Coinbase - Carteira bitcoin aprenda a usar WEB - YouTube Onde achar o endereço de minha carteira de Bitcoin - YouTube O QUE É CARTEIRA BITCOIN? E COMO USAR? - YouTube Como usar carteira bitcoin BITCOIN- Como usar a carteira trezor para transações com ...

Use este guia para saber o que é uma carteira bitcoin (wallet), como elas funcionam, quais os tipos disponíveis no mercado, quais suas vantagens e desvantagens. O que é uma carteira? Uma carteira digital (wallet, no termo em inglês) é um programa utilizado para enviar e receber Bitcoin ou outra criptomoeda.Ela também serve para checar o saldo. Como usar a carteira Bitcoin Electrum. Julho 26, 2019 Dezembro 12, 2017 por adminTMF. A Electrum é uma carteira Bitcoin que tem um interface bastante simples mas é uma das carteiras mais seguras do mercado. Para os menos atentos ou até para os mais preguiçosos em pesquisar estas matérias de Bitcoins e carteiras, podemos aprender o que são de uma forma simples, comparando com uma conta ... Qual carteira Bitcoin é melhor? Hoje em dia existe uma lista extensa de opções para carteira Bitcoin e para outras criptomoedas. Mais antes de escolher a careira, você deve saber de que maneira pretende utiliza-la. Você precisa de uma carteira para uso no dia-dia? Como realizar compras, fazer transferências ou apenas para comprar Bitcoin ... Como Usar Bitcoins. A Bitcoin é a primeira moeda digital que não necessita de um intermediário para realizar as operações. Ela não trabalha com bancos e os métodos tradicionais de processamento de transações, mas funciona de forma... Como Usar a Carteira de Bitcoin Passo a Passo. Embora as carteiras de Bitcoin geralmente tenham recursos e requisitos diferentes para usá-las, geralmente todas seguem um caminho semelhante. À luz disso, criamos um guia que ajudará você a configurar uma conta e usar a carteira. Se necessário, faça o download e instale a carteira (para celular e desktop, além de carteiras da Web) Crie a ...

[index] [26951] [21091] [15934] [18445] [13700] [949] [32819] [2430] [30878] [13326]

Coinbase - Carteira bitcoin aprenda a usar WEB - YouTube

Carteira de bitcoin, ETH, Litecoin, isso mesmo três moedas em uma única carteira veja como usar. Video relacionado: Explicativo: https://www.youtube.com/watc... This video is unavailable. Watch Queue Queue. Watch Queue Queue Saiba como usar a carteira de bitcoin's XAPO, aqui nesse vide-o mostro como transferir e receber seus bitcoin, obter sue endereço bitcoin. Link da Carteira X... Carteiras bitcoin MERCADO BITCOIN https://goo.gl/ugKzNd BITCAMBIO https://goo.gl/J4D4cf XAPO https://goo.gl/nc1Gxr BLOCKCHAIN https://goo.gl/4CFPCj COINBASE ... No vídeo de hoje vamos aprender a realizar envios e recebimentos de ethereum na carteira trezor. Link da playlist completa https://www.youtube.com/watch?v=Rg...

#